Quarta-feira em Prudente

Toninho Moré

COLUNA - Toninho Moré

Data 02/04/2021
Horário 03:36

A pandemia está batendo forte na população de uma forma geral. É aquela história do “se correr o bicho pega, se ficar o bicho come”. Na quarta-feira estive em Presidente Prudente. Uma baita cidade, com um povo dedicado, trabalhador e tudo parado. Fiquei pasmo com o que vi. 

REFLEXOS DA PANDEMIA
É duro ver uma cidade desta forma, mas a necessidade do pouco contato entre as pessoas é a palavra de ordem da atualidade. Estamos vivendo um momento em que se deve combinar o sacrifício com a disciplina, porque senão “o bicho come”. 

FAÇA A LIÇÃO DE CASA
Se puder, fique em casa. Quem não puder e tiver que sair para o trabalho, faça a lição de casa. Utilize todos os meios de prevenção possíveis. Lave as mãos com frequência e não as leve à boca, nariz e olhos. Utilize máscara o tempo todo, assim você evitará colocar a mão no rosto. Tenha no carro ou bolso, álcool para higienizar as mãos quando for a algum lugar que não seja natural em seu convívio. Mantenha distância quando conversar com alguém e nunca entre em locais com aglomeração.

TENSÃO E ESTADO DE ALERTA
Não só em Presidente Prudente, como notei, mas as pessoas estão em tensão constante devido aos cuidados da pandemia. Os estabelecimentos comerciais endureceram as regras. Ninguém pode entrar sem máscaras. O sinal de alerta está ligado em todos os lugares. Tomara que esta tensão constante se torne sossego em breve. 

O QUE VOCÊ NÃO PODE ESQUECER
Não se esqueça de um detalhe importante. Quando estiver prestes a sair do esquema de prevenção, se lembre de que não há vagas em UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) dos hospitais da região. Festar indevidamente, duvidar das regras, não utilizar máscaras e desdenhar da doença, pode levar alguém para uma fila indesejável, a da espera de UTIs.

COMISSÃO ESPECIAL DE INQUÉRITO
Na sessão ordinária da segunda-feira passada, a Câmara Municipal de Presidente Venceslau aprovou requerimento para a criação de uma CEI (Comissão Especial de Inquérito) para apurar recursos enviados ao município no combate à pandemia da Covid-19. 

HOJE E AMANHÃ SEM VACINAÇÃO
Em respeito aos feriados da Sexta-feira Santa, e Sábado de Aleluia, a Vigilância Epidemiológica de Presidente Venceslau não efetuará vacinação. Até ontem, estavam sendo vacinadas na cidade pessoas de 77 a 79 anos para a segunda dose, e as de 67 anos acima para primeira dose. 

100 DIAS DE GOVERNO 
Na semana que vem, dia 10, os novos prefeitos fazem 100 dias de governo. Sempre neste período, imprensa, Legislativo e até o próprio Executivo, fazem um levantamento do trabalho realizado. É um período considerado um tipo de arranque nas administrações.

DO OUTRO LADO DA PONTE
O governador Reinaldo Azambuja anunciou ontem à tarde que o Mato Grosso do Sul terá três horários diferentes de toque de recolher a partir da próxima segunda-feira. Em municípios com bandeiras laranja, amarela e verde, o horário será mais flexível, das 22h às 5h. Para cidades em bandeira vermelha, o horário será das 21h às 5h. Em locais mais críticos, com bandeira cinza, o horário será das 20h às 5h, como vigoram atualmente para todo o Estado.

COMO FUNCIONARÁ EM BATAGUASSU
Bataguassu, por exemplo, terá o horário revisto. Como foi reclassificado de bandeira vermelha para a laranja hoje, o toque de recolher passa para 22h às 5h a partir de segunda-feira. Segundo o governador, a partir do dia 5, as atividades econômicas também estarão liberadas para reabrir as portas, seguindo as medidas de biossegurança já estabelecidas, como uso de máscara e cuidado com distanciamento social.

AGRESSÃO EM MULHERES
A pandemia vem apresentando outro problema, a agressão e homicídios de mulheres. Nesta semana, um rapaz de 26 anos matou a esposa a tiros e depois tirou a própria vida. Ontem, em Presidente Venceslau, uma mulher de 48 anos foi cercada por um indivíduo que a agrediu com socos e pontapés por motivo torpe. Parece que o povo está perdendo o juízo.

Veja também