Quatro estabelecimentos de Prudente são interditados durante Operação Corpus Christi

Trata-se de um comércio no Terras de Imoplan, uma casa noturna do Jardim Bongiovani, uma tabacaria-bar, e um salão de festa na Júlio Budisk

PRUDENTE - DA REDAÇÃO

Data 07/06/2021
Horário 15:47
Foto: Cedida
Fiscalização teve como objetivo evitar aglomerações e descumprimento às normas sanitárias
Fiscalização teve como objetivo evitar aglomerações e descumprimento às normas sanitárias

Durante o feriado prolongado, a Prefeitura de Presidente Prudente realizou a Operação Corpus Christi, que teve início na noite de quarta-feira e foi até a 0h de domingo, com o objetivo de evitar aglomerações clandestinas. Neste período, quatro estabelecimentos acabaram interditados.

De acordo com o supervisor de departamento da Visa (Vigilância Sanitária Municipal), Daniel Eduardo Lima Gulim, o órgão recebeu, no total, 146 denúncias, sendo todas verificadas em visita presencial. Muitas delas se mostraram improcedentes, porém, foram registrados seis autos de infração e duas interdições por descumprimento das normas sanitárias vigentes.

“Foi interditado um estabelecimento comercial no bairro Terras de Imoplan em conjunto com a Sedepp [Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico]. E na noite de domingo, também foi interditada uma casa noturna no Jardim Bongiovani, onde foram constatadas mais de 100 pessoas. A boate foi autuada”, explica o supervisor da Vigilância.

“No balanço geral do feriado prolongado, foram diversos tipos de denúncias, como festas em residências e festas em chácaras. Conseguimos inibir uma das maiores aglomerações, que ocorre em frente a uma conveniência na Avenida da Saudade. A operação terá sequência no próximo fim de semana com toda a equipe”, complementa Daniel.

Atuação da Sedepp

Já a Sedepp realizou no feriado prolongado o total de 30 visitas orientativas. Foram realizadas sete notificações, entre bares, conveniências e chácaras.

De acordo com o fiscal da Sedepp, Luis Carlos Paulon, foram lacradas uma tabacaria-bar; um bar no Terras de Imoplan em conjunto com a Vigilância; e um salão de festa em uma chácara na Rodovia Júlio Budisk (SP-501), após denúncia registrada pelo 156, onde foi constatada uma festa clandestina com aproximadamente 35 pessoas e som alto. O responsável foi notificado pela Sedepp e autuado pela Vigilância Sanitária.

Trabalho conjunto

A respeito das ações em conjunto no feriado prolongado de Corpus Christi, os trabalhos tiveram início na Avenida da Saudade, nas proximidades de uma conveniência onde foram constatadas aglomerações no último fim de semana. As equipes realizaram uma blitz preventiva no local das 20h até as 22h30, com abordagens orientativas aos motoristas que trafegavam pelo local.

Outra ação ocorreu perto do Posto Assef, na Avenida Presidente Juscelino Kubitschek de Oliveira, nas proximidades do Prudentão, onde também foi realizada uma blitz de orientação aos motoristas. Por volta das 22h, os trabalhos foram deslocados para a Avenida da Saudade, nas proximidades do Cemitério Municipal São João Batista.

No decorrer do feriado prolongado, o plantão da Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil trabalhou 24 horas no recebimento das denúncias das 18h de quarta até à 0h de domingo. Foram 49 denúncias via WhatsApp, sendo sete mensagens de outras cidades. No mesmo período, o Sistema Inova recebeu 146 denúncias.

Veja também