Quem faz Etec, faz carreira! Colégio Agrícola comemora 80 anos

Várias atrações estão programadas ao longo de 2022; mais de 25 mil alunos são formados pela instituição

REGIÃO - DA REDAÇÃO

Data 29/05/2022
Horário 04:10
Foto: Cedida
Ao longo desses 80 anos são mais de 25 mil alunos formados
Ao longo desses 80 anos são mais de 25 mil alunos formados

 

Quem faz Etec, faz carreira! A Etec (Escola Técnica Estadual Prof. Dr. Antonio Eufrásio de Toledo), vinculada ao Centro Paula Souza - carinhosamente conhecida como Colégio Agrícola de Presidente Prudente, está em ritmo de comemoração do Jubileu de Carvalho, 80 anos, da instituição celebrado no próximo dia 3 de junho. As comemorações ocorrerão ao longo do ano, mas em especial a data, tem agendada uma programação, que começou ontem, com a apresentação de atrações musicais da Escola Municipal de Artes Jupyra Cunha Marcondes.

Ao longo desses 80 anos são mais de 25 mil alunos formados, dentre eles o atual diretor Thadeu Henrique Novais Spósito. Atualmente, 913 matriculados, o que antes da pandemia, em 2019 passava de 1000. Aproximadamente 90 professores e 21 funcionários divididos nos setores administrativo e campo.

Graças ao colégio, o sentimento principal de Thadeu é gratidão pelo profissional que se formou. Ele diz que escolheu o eixo de recursos naturais, fez Agronomia por ter estudado lá. Retornou como professor e após quase dez anos teve a felicidade de estar à frente da escola. “Pelos nossos históricos sou o primeiro ex-aluno dessa unidade [032] diretor. Então isso é muito gratificante. É como eu sempre falo aos nossos alunos: ‘Vocês são todos passarinhos como nós também. Aqui é uma escola que não é uma gaiola. Você voa, quando se sentir cansado volta para descansar. Pode repousar por um bom período ou só ter um pouquinho de força e continuar sua jornada”, destaca o diretor.

 

Qualidade de ensino

Segundo Thadeu Sposito durante a sua história vem atendendo alunos de diferentes regiões de todo o país. A Etec funciona em regime parcial, integral e residencial. Os principais cursos hoje, ainda continuam sendo os voltados aos recursos naturais. Mesmo a escola tendo cursos de tecnologia e informação como o Desenvolvimento de Sistemas, o carro chefe da unidade continua sendo o técnico em agropecuária.

Para ele, o diferencial do colégio está na qualidade do ensino. “As Etec's Arruda Mello e Colégio Agrícola são respectivamente 3° e 4° colocados no Saresp [Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar do Estado de São Paulo]. As Etec's são as melhores públicas de Prudente nessa avaliação. A qualidade de ensino médio integrado ao técnico é o diferencial, onde o aluno sai pronto para o mercado de trabalho”, frisa o diretor.

Os cursos oferecidos têm aulas práticas nos setores contemplando todas as áreas do ensino médio, agropecuária, florestas, desenvolvimento de sistemas, agroindústria, administração, recursos humanos, açúcar e álcool, meio ambiente e agrimensura.

Os projetos de pesquisas desenvolvidos e utilizados nas aulas práticas em mecânica e mecanização, ciências animais e vegetais, sementes, extração de óleos essenciais, topografia, planialtimetria, softwares, hardwares e manutenção fazem parte do dia a dia dos alunos.

Atividades de extensão e visitas técnicas são rotina em indústrias, fazendas, estações ecológicas, centros culturais e outras atividades que são fundamentais na formação.

 

Fazenda educativa

Hoje em uma área de 96 alqueires, a Etec é o que se pode dizer: somos uma fazenda educativa, e o primeiro modelo de escola fazenda do Brasil, implantada pelo engenheiro agrônomo Shigueo Mizoguchi.

“Esses 96 alqueires são nossas salas de aulas com mais de 2 milhões e 300 mil metros quadrados, divididos em setores produtivos nas diversas áreas dos recursos naturais, agricultura e pecuária, expandido para as áreas de infraestrutura, tecnologia e produção alimentícia”, frisa Thadeu Sposito.

Ele destaca que o corpo docente é composto por especialistas, mestres e doutores nas mais diversas formações acadêmicas, que acompanham os alunos nos múltiplos ambientes de aprendizagem, laboratórios, espaços multiuso e setores produtivos, diferentes laboratórios de produção como bovinocultura de corte e bovinocultura de leite, produção de mudas florestais, horta orgânica, suinocultura, laticínio, laboratório de processamento de carnes, leite e vegetais.

A estrutura ainda conta com salas de aulas com recursos multimidias e climatizadas, quadra poliesportiva, além de um refeitório com espaço integrado para alimentação dos alunos com nutricionistas que planejam o cardápio.

INSTALAÇÕES

Via Rápida Emprego - Prédio com cursos de qualificação profissional

3 Blocos de salas de aulas

1 bloco administrativo

1 bloco de laboratórios de química, sementes e microbiologia

1 laticínio

1 indústria de processamento de carnes

2 laboratórios de processamento vegetal

1 oficina mecânica

3 Blocos com 34 apartamentos para moradia estudantil

1 quadra poliesportiva

Horta orgânica

Suinocultura

Aviário de postura e corte

Ovinocultura

Cunicultura (coelhario)

Fábrica de rações

Bovinocultura de leite com ordenha mecânica e mangueira para contenção do gado

Bovinocultura de corte com mangueira tipo australiana (quase 50 alqueires destinados a essa finalidade)

Viveiro para produção de mudas florestais

Fruticultura

Culturas anuais

Pastagens

Culturas Perenes

 

CURSOS

Ensino médio integrado ao Técnico em Agropecuária

Ensino médio integrado ao Técnico em Florestas

Ensino médio integrado ao Técnico em Desenvolvimento de sistemas

Agropecuária

Desenvolvimento de sistemas

Florestas

Administração

Agrimensura

Meio ambiente

Agroindústria

 

CLASSES DESCENTRALIZADAS

*Narandiba curso de Açúcar e Álcool e Administração no segundo semestre abrirá agroindústria

Tarabai temos Recursos Humanos

 

Cursos Intercomplementares (Parceria com a Secretaria de Educação)

*Escola Francisco Pessoa no Ana Jacinta: informática duas turmas e uma de administração

*Pirapozinho - Escola Lúcia Assumpção duas turmas de Informática e Escola Maria José, uma turma Administração

 

PROGRAMAÇÃO COMEMORATIVA

28/05 - Dia Escola da Família (aberto para toda comunidade externa)

31/05 a 03/06 - Exposição de animais empalhados (coordenação curso de Biologia da Unoeste); Exposição de ações de educação e economia de energia elétrica para o público (Energisa)

03/06 – 9h Café da manhã para funcionários, professores e membros do Centro Paula Souza - recepção dos participantes da cerimônia do Jubileu de Carvalho

9h30 - Plantio de um Pau Brasil marcando os 80 anos

10h - início da cerimônia do Jubileu de Carvalho e nomeação do auditório com o nome da engenheira agrônoma Márcia Regina de Oliveira Poletine (nossa supervisora no Centro Paula Souza) e seu esposo Angelo Poletine (formando de 1973) vítima da Covid-19

12h - Almoço de confraternização na sede da AEAAPP (Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Presidente Prudente (por adesão)

 

Fotos: Cedidas

Atividades são realizadas ao longo do curso


Atualmente, há 913 matriculados, 90 professores e 21 funcionários divididos nos setores administrativo e campo

 

Veja também