RISCO À VIDA

REGIÃO - GRAZIELA FERNANDES

Data 24/11/2019
Horário 06:02

Já trouxemos nesta coluna, a preocupação com a travessia de pedestres na Rodovia Assis Chateaubriand, trecho Pirapozinho à Presidente Prudente. Todos os dias flagramos pessoas pulando a barreira entre as pistas para atravessar a rodovia, um risco à vida. Nesta semana, um requerimento foi protocolado na Câmara Municipal de Pirapozinho, solicitando que o Departamento de Estradas de Rodagens verifique a possibilidade de implantar sessões para passagens de animais que também correm risco de serem atropelados, numa tentativa de travessia na via.

ACIDENTES
O fato é que a situação é um risco tanto à vida humana quanto aos animais. No trecho já foram registrados acidentes provocados por atropelamento de animais. Capivaras, animais de pequeno porte, quatis, ouriços, são vistos com frequência ao longo deste trecho, motoristas e motociclistas se arriscam em manobras perigosas e que, podem resultar em acidentes graves. É preciso um olhar das autoridades para esta situação muito preocupante para quem usa a rodovia com frequência.

SAÚDE PRIMÁRIA
O governo mudará o modelo de financiamento da atenção primária à saúde, área que abrange o atendimento pelas equipes de saúde da família e em unidades básicas de saúde. A medida prevê que, os recursos levem em conta o número de pacientes cadastros e desempenhos das cidades no controle de doenças crônicas, criando indicadores de qualidade para pré-natal, controle do diabetes, hipertensão e infecções sexualmente transmissíveis. O fato é que as autoridades municipais precisam ficar atentas tanto para o cadastramento de famílias atendidas, como para garantir o desempenho frente aos indicadores que o governo federal passará a exigir para repassar recursos da atenção básica.

SEM MÉDICO
Situações como a registrada em Estrela do Norte, em que a única Unidade de Saúde da cidade, a UBS Maria José Albertini Gomes, ficou sem médico por conta do afastamento do titular, poderá deixar o município sem recursos com o novo modelo. Sem acompanhamento médico, programas de controle de crônicos, por exemplo, ficam comprometidos. Os prefeitos precisam ficar de olho e, em condições como esta, adotar medidas emergenciais para não deixar a população sem atendimento.

ARRASTÃO DE LIMPEZA
A prefeitura de Pirapozinho intensifica a limpeza de áreas públicas, terrenos baldios e até imóveis em situação de abandono. Durante os arrastões, todos os recipientes que acumulam água ou materiais que possam servir de abrigo para escorpiões e outros animais peçonhentos são recolhidos. Segundo o coordenador do Departamento de Controle de Endemias, André Martins, a população também é orientada durante os trabalhos das equipes. Mas falta muita consciência ainda. Na mesma semana, em que os trabalhos foram intensificados, imagens circularam nas redes sociais do descaso da própria população em uma área próxima à Rodoviária. O proprietário do terreno fez a limpeza do local e, no mesmo dia, moradores depositaram lixo irregular. Não cabe somente à prefeitura fazer limpeza, todos nós, moradores da cidade, precisamos assumir o nosso papel. Limpar nosso quintal e carregar o lixo para outros locais, não resolve o problema, pelo contrário, acarreta transtornos para outras pessoas. É preciso conscientização.

FESTIVAL EM ROSANA
Terminam amanhã, as inscrições para a segunda edição do Festival de Música de Rosana. O evento será realizado de 28 a 30 de novembro na Praça dos Pioneiros. Podem participar talentos de toda a região, nas categorias sertanejo e música popular brasileira. Os três primeiros colocados receberão prêmios. As inscrições podem ser realizadas na Secretaria de Esporte, Turismo e Cultura situada na Rua José Velasco, 1963, ou através dos telefones (18) 32881387ou 981270095. 

Veja também