Santa Casa de Osvaldo Cruz atinge ocupação de 100% em leitos de UTI e clínica médica

Prefeita Vera Lúcia Alves destaca que já há dois pacientes em espera para internação no Pronto-Socorro; trata-se do único hospital da cidade

REGIÃO - DA REDAÇÃO

Data 04/06/2021
Horário 17:55
Foto: Cedida
Santa Casa de Osvaldo Cruz atingiu lotação máxima
Santa Casa de Osvaldo Cruz atingiu lotação máxima

A prefeita de Osvaldo Cruz, Vera Lúcia Alves (PP), confirmou em pronunciamento que a Santa Casa do município atingiu 100% do limite de ocupação de leitos para pacientes adultos com Covid-19 nos setores de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e clínica médica.

Segundo o Executivo, não há crianças hospitalizadas pelo coronavírus.

Além da ocupação total de leitos para a doença, a prefeita destacou que já há dois pacientes em espera para internação no Pronto-Socorro, que funciona anexo à santa casa. 

Vera Lúcia afirma que os atendimentos hospitalares para pacientes com Covid-19 continuam, mas agora no Pronto-Socorro. Porém, com a lotação máxima do único hospital da cidade, a partir de agora e até que haja desocupação de vagas, os pacientes que necessitarem serão transferidos para outras cidades.

Até ontem, a situação da santa casa de Osvaldo Cruz era a seguinte: a UTI Covid da unidade permanecia com 100% dos leitos ocupados, sendo seis pacientes de Osvaldo Cruz, um de Sagres, um de Salmourão, um de Tupã e um de Lucélia. Na clínica médica para Covid, das 21 vagas, 19 estavam ocupadas. Eram pacientes nos seguintes números e moradores nos municípios a seguir: Osvaldo Cruz (13 pacientes); Sagres (2 pacientes); Bastos (1 paciente); Inúbia Paulista (2 pacientes); e Lucélia (1 paciente).

Porém, nesta tarde, todos os 21 leitos da clínica médica foram ocupados. A santa casa ainda não informou as cidades de onde são os doentes com internações mais recentes.

Veja também