SAP inicia comunicação direta entre visitantes e reeducandos

Por meio de um formulário no site da pasta, é possível mandar mensagens e receber as respostas por e-mail

REGIÃO - DA REDAÇÃO

Data 01/07/2020
Horário 11:15
Edson Lopes Jr/Arquivo - Mensagem pode ser enviada por quem estiver cadastrado no rol de visitantes
Edson Lopes Jr/Arquivo - Mensagem pode ser enviada por quem estiver cadastrado no rol de visitantes

Desde ontem, familiares devidamente cadastrados no rol de visitas dos presídios do Estado de São Paulo ganham uma nova ferramenta para se comunicar com seus parentes. Chamado de “Conexão Familiar”, o projeto permite que o visitante mande uma mensagem de até 2 mil caracteres diretamente para a pessoa privada de liberdade e, num prazo de até cinco dias, tenha o retorno por e-mail.

De acordo com a SAP (Secretaria de Administração Penitenciária), só terá direito a mandar mensagem o familiar e/ou amigo/a que está cadastrado/a no rol de visitantes do reeducando, em situação regular. Para que os funcionários responsáveis pelo trâmite possam dar conta das demandas, serão aceitas somente até duas mensagens semanais por pessoa presa.

As respostas dos reeducandos deverão ser escritas no verso do impresso, escaneadas e enviadas para o e-mail indicado no formulário. Quando o reeducando não tiver interesse em retornar a mensagem do familiar, este deverá ser informado que não houve resposta.

No formulário, disponível em http://www.sap.sp.gov.br/conexao-familiar.html, a pessoa deve se identificar com nome e RG, com as mesmas informações constantes no rol de visitas. Também são obrigatórios o nome completo do custodiado, número de matrícula, nome da unidade prisional onde o reeducando está custodiado e o e-mail para onde deverá ser enviada a resposta.

Veja também