"Save The Date” cai no gosto das brasileiras

Sucesso entre os americanos, noivas não abrem mão desse charme a mais, que facilita lembrar aos convidados o grande dia do casal

VARIEDADES - Oslaine Silva

Data 09/08/2015
Horário 10:38
 

 


Salão, vestido, festa, música, bolo, docinhos, lembrancinhas, lista de presentes... Quanta coisa pra se pensar! Quando se fala em casamento, além de tudo isso é fácil encontrar casais, principalmente, as noivas, é claro, que querem sempre um charme a mais para marcar o grande dia de suas vidas. E algo que é sucesso entre os americanos e que caiu de vez no gosto dos brasileiros, por facilitar o contato com os convidados - além de ser mais uma forma de apresentar um pouco dos preparativos do matrimônio - é o Save The Date (‘reserve esta data’, em português). Especialistas no assunto falam sobre essa onda.

A cerimonialista de casamentos, da capital paulista, Talita Uoya, explica que o Save The Date é um comunicado informal que se envia aos convidados do casamento para que eles já reservem a data em suas agendas. Geralmente, esse comunicado é enviado por e-mail, whatsApp, ou até impresso via correio, mas sempre de maneira informal.

Jornal O Imparcial Talita Uoya atua há 5 anos com organização de casamentos

Segundo ela, a principal diferença deste para o convite oficial está no objetivo de fazer um breve comunicado para facilitar mesmo a programação dos que estarão presentes. "Contudo, o convite impresso detalha todas as informações sobre o evento. Além disso, os convites formais costumam ser enviados por volta de dois meses antes, enquanto o Save costuma ser enviado de três a seis meses de antecedência", salienta.

"É uma boa forma de se planejar com antecedência a data, por exemplo, tem convidados que moram fora, em outras localidades, e com o Save The Date podem organizar tanto a questão da compra de passagens, que roupa usar, etc. Ou seja, é benéfico, principalmente financeiramente", ressalta o cerimonista de Presidente Prudente, Kirino Berthy, que trabalha com o Save The Date desde 2011.

 

Como escolher o modelo?

Ambos os especialistas no assunto revelam que essa é uma questão que geralmente segue o perfil dos noivos e do casamento.

"Mais clássico se for um casal tradicional, mais divertido se for um casal moderno, enfim... Os noivos podem escolher modelos criados com uma arte visual e enviarem por correio, ou fazer uma sessão de fotos pré-casamento com itens divertidos, ou fazer um vídeo", acentua Uoya.

"O envio pelas redes sociais, os convites virtuais, são os campeões. Pelo menos é o que percebemos por aqui . E, geralmente, os próprios noivos criam a arte de acordo com seus gostos", completa Berthy.

 

Profissionais


Talita Uoya é assessora e cerimonialista de casamentos e está à frente da empresa Talita Uoya Assessoria e Cerimonial em Eventos, que atua há cinco anos com organização de casamentos na capital e outras cidades. Nesse período já assessorou mais de 200 casamentos de diferentes culturas: católicos, evangélicos, espíritas, judaicos, entre outros. Ela também ministra cursos e palestras para profissionais que pretendem ingressar no segmento de assessoria e cerimonial. Mais informações sobre a profissional em www.talitauoya.com.

Entre vários profissionais da área, atuantes em Prudente e região, estão Oswaldo e Kirino Berthy Assessoria, Consultoria e Organização de Eventos, bastante requisitados para organização de eventos em geral: casamentos, debutante, festas infantis, entre outras. Interessados em mais informações sobre seus trabalhos o site é oswaldoberthy.wix.com.

Veja também