Sem Centro Olímpico, Prefeitura desembolsa mais de R$ 359 mil

Esportes - Jefferson Martins

Data 12/05/2016
Horário 08:12
A Prefeitura de Presidente Prudente terá que desembolsar cerca de R$ 359 mil para manter, até o fim do ano, convênios com três clubes esportivos. Anteontem foi publicada em atos oficiais a prorrogação dos contratos. Segundo informa a Secom (Secretaria de Comunicação), a situação é necessária devido ao atraso nas obras do Centro Olímpico da cidade, onde eram realizadas as atividades de natação.

Jornal O Imparcial Na Apea, 875 alunos participam das atividades de natação

De acordo com a Sosp (Secretaria de Obras e Serviços Públicos), o objetivo é que a revitalização da praça fique pronta até setembro. Os valores variam de acordo com o clube. No TCPP (Tênis Clube de Presidente Prudente), o vínculo que teve início em janeiro, segue até 31 de dezembro de 2016, com o custo de R$ 136.530,00. O local realiza o atendimento de 600 alunos do projeto Cidadescola, nas modalidades jogos recreativos e de tabuleiros, além da natação.

Já na Apea (Associação Prudentina de Esportes Atléticos), onde 875 alunos participam das aulas de natação, o total empregado é de R$ 125,2 mil, pelo mesmo período. O único que difere é o contrato com a ADPM (Associação Desportiva da Polícia Militar do Estado de São Paulo), que vai até setembro de 2016. Neste, o investimento será de R$ 97,320.00, que recebe 250 pessoas, entre natação e hidroginástica.

Veja também