SIMPÓSIO NACIONAL DE ORQUÍDEAS

Quarta edição do evento em Presidente Prudente, tem importância para a biodiversidade e agronegócio e conta com a participação de especialistas internacionais

VARIEDADES - DA REDAÇÃO

Data 15/03/2020
Horário 07:08
João Paulo Barbosa: Simpósio contribui com o mercado de orquídeas, que movimenta R$ 6 bilhões por ano no Brasil Foto: João Paulo Barbosa: Simpósio contribui com o mercado de orquídeas, que movimenta R$ 6 bilhões por ano no Brasil

Como importante interface para a biodiversidade e segmento representativo na área do agronegócio, a produção de orquídeas vem sendo debatida desde 2013 no país e o 4º Simbraorq (Simpósio Brasileiro de Orquídeas) será realizado em Presidente Prudente, sediado na Unoeste, entre os dias 18 e 20 de março. Durante manhã e tarde, serão três dias de ampla abordagem sobre as seguintes temáticas: dia 18 – biodiversidade, conservação e ensino; 19 – melhoramento; e 20 – cultivo. Dentre outras atividades, acontecerão nove conferências ministradas por pesquisadores brasileiros e internacionais. As inscrições estão abertas.

A realização na Unoeste, pela graduação e pós-graduação stricto sensu em Agronomia e pelos cursos de bacharelado e licenciatura em ciências biológicas, tem as parcerias da Universidade da Flórida, Universidade Federal do Ceará (UFC), Universidade Estadual de Londrina (UEL), Unesp, Garden Ecotur, Ambikontrol e Mundo Viagens & Turismo. Um dos organizadores, o Dr. Nelson Barbosa Machado Neto, anuncia que pode se inscrever qualquer interessado, seja estudante ou não, produtores e todos os demais inseridos ou interessados na cadeira produtiva e os apaixonados pelo cultivo de orquídeas.

O cultivo de orquídeas, além de promover a conexão entre conservação da biodiversidade, vem ampliando sua força no mercado do agronegócio para o qual representa 1% do movimento financeiro anual, com os negócios girando em torno de R$ 6 bilhões, na obtenção de fármacos e na produção de flores. O 4º Simbraorq terá abordagem sobre bancos de sementes e conservação, polinização, crioconservação, cultivo racional de espécies de interesse ecológico-econômico, técnicas de cultivo, pragas e doenças, produção in vitro, entre outros.

Serão três as conferências internacionais: The future of orchid conservation: inspiring the next generation (O futuro da conservação das orquídeas: inspirando as novas gerações); Vanilla crop wild relatives: a model system for integrated conservation strategies in the Orchidaceae (Parentes silvestres de Vanilla: um modelo para estratégias de conservação integradas em Orchidaceae); e  Las orquídeas de Colombia y su cultivo como herramienta para la conservación, educación y mejoramiento (As orquídeas da Colômbia e seu cultivo como ferramenta para conservação, educação e melhoramento).


 

 

 

 

 

 

 

 

 

Publicidade
eixosp

Veja também