Sobre encontros e despedidas

GRAZIELA FERNANDES

COLUNA - GRAZIELA FERNANDES

Data 08/11/2020
Horário 03:38

A coluna de hoje é dedicada ao meu pai, Adelino Consolo. Desde jovem, gostava de rádio e era leitor de jornais. Nasceu em Presidente Bernardes, e chegou no ABC paulista em 1972, tinha alguns rituais, o primeiro ao acordar, ligar o rádio e aos domingos, ir até a banca de jornais mais próxima e comprar um exemplar do Jornal O Diário do Grande ABC. Meu pai voltou para o oeste paulista em dezembro de 2000. Aqui o ritual de rádio deu espaço aos discos de vinil e fitas cassete com suas modas de viola, mas o jornal de domingo, agora O Imparcial. Todos os domingos, ia até a antiga banca do Paulo, no centro de Pirapozinho, comprar o seu exemplar. Na última semana nos despedimos de meu pai, que bravamente lutou contra um câncer no pescoço (laringe), uma doença que devastou meu velho e minha família. Nos resta a saudade e certeza de que a vida é feita de encontros e despedidas.

Sobre câncer de laringe

Esse é um tipo de câncer bastante agressivo. Segundo o Inca (Instituto Nacional do Câncer), este é um tumor que pode afetar a voz, a deglutição ou a respiração. A estimativa do instituto é que tenhamos 6.470 novos casos de câncer de laringe em homens e 1.180 em mulheres para cada ano do triênio 2020-2022. O risco estimado para a população brasileira é de 6,20 casos novos a cada 100 mil homens e de 1,06 casos novos a cada 100 mil mulheres. Ainda de acordo com o Inca, este tipo de câncer está entre os tipos mais incidentes entre os homens no Estado de São Paulo, para se ter uma ideia. Os tumores da laringe não costumam causar sintomas no início, a não ser quando ocorrem nas cordas vocais. Se for diagnosticado e tratado em fase inicial, o câncer de laringe pode chegar a 90% de chance de cura, o que não foi o caso do meu pai, os sintomas apareceram quando o câncer já tinha evoluído muito. Ele foi tratado inicialmente no Hospital Regional, mas foi a agilidade e o atendimento humanizado do Hospital do Câncer de Presidente Prudente, por meio do médico Diogo Ribeiro, que meu pai teve acesso ao tratamento. Agradecemos ao corpo clínico do Hospital do Câncer de Presidente Prudente, especialmente aos médicos: Diogo, Corazza e Assunção. Gratidão também para os profissionais de saúde da ESF (Estratégia Saúde da Família) da Vila Marques em Pirapozinho.

Por falar em moda de viola

Falei da paixão do meu pai pelos vinis com suas modas de viola e, em Pirapozinho, um grupo de pessoas está participando de um curso para violeiros. A turma é bem eclética, tem uma jovem na faixa etária entre 22-25 anos e idosos (homens e mulheres) com até 72 anos de idade. O curso é realizado numa propriedade rural da cidade que fica na estrada municipal que vai para Narandiba. Ministrado pelo professor Will Baker e promovido pelo Senar (Serviço de Aprendizagem Rural), a proposta é despertar o interesse pelo instrumento e também promover inclusão social por meio da cultura. Uma iniciativa interessantíssima do Senar na cidade de Pirapozinho. A turma já está fechada, mas os organizadores já tentam viabilizar uma nova turma. Benê, Dona Clarice, na próxima turma estou dentro, a viola já tenho!

Pedido de isenção de IPTU

Já estão disponíveis os pedidos de isenção do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) 2021 para aposentados, pensionistas, portadores de doenças graves ou beneficiários do BPC (Benefício de Prestação Continuada). Os pedidos devem ser feitos diretamente no Setor de Tributos no Paço Municipal de Narandiba até 30 de novembro. Os interessados devem levar comprovante de residência atualizado, comprovante de aposentadoria, ou de outros benefícios. O atendimento no Setor de Tributos é feito das 8h às 12h.

Impedimento

O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo atualizou as relações de entidades e de órgãos que estão impedidos de firmar contratos com o poder público e receber recursos seja do Estado e de municípios. A relação está disponível no site do TCE-SP.

Veja também