Tênis abre Ranking Roland Garros 2017

PRIMEIRA ETAPA Evento é realizado pelo 2º ano consecutivo e recebeu atletas de quatro classes diferentes

Esportes - THIAGO MORELLO

Data 19/03/2017
Horário 12:10
 

Nem mesmo a chuva e a temperatura impediu que os tenistas de Presidente Prudente e região entrassem em quadra ontem, pela Primeira Etapa do Ranking Roland Garros 2017, no TCPP (Tênis Clube de Presidente Prudente). O evento, que é realizado pelo segundo ano consecutivo, recebeu atletas distribuídos em quatro classes diferentes: especial, A, B e C. Ao longo do ano, eles estarão disputando em busca do troféu de cada categoria.

O empresário Sérgio Mendes, 48 anos, foi um dos participantes que não se intimidou e foi até o local para jogar a primeira fase e mostrar seus 30 anos de experiência no esporte. Integrante da categoria B, o veterano chegou até às finais da classe e ficou com o segundo lugar. "Eu adoro participar, porque além de ter essa integração com os demais tenistas, eu ainda cuido da minha saúde. Conheci o tênis na minha adolescência e nunca desisti ou pensei em parar. Eu costumo falar que a modalidade me escolheu. E mesmo não levando como um trabalho profissional, consigo me dedicar bem", conta.

Jornal O Imparcial Empresário Sérgio Mendes tem 30 anos de experiência no esporte

Empresário, ele confessa que tem uma agenda cheia, porém, sempre dá um jeito de praticar a modalidade. "De manhã eu estou totalmente dedicado ao meu trabalho e compromisso, mas à noite eu procuro me deixar totalmente direcionado ao tênis. É uma maneira de relaxar e também de me preparar para essas competições que acontecem ao longo do ano", explica.

Sérgio só não foi campeão da categoria, pois o estudante de medicina Anderson Fernando Braiani D’Andrea, 35 anos, provou que, apesar de ser estreante na competição, não veio para brincar e venceu o veterano no torneio. "Eu pratico há cinco anos, então participar desta vez, e ainda ser campeão, foi realmente uma experiência ótima. É bom, pois eu posso jogar com pessoas diferentes e conhecer técnicas alternativas, em pessoas que nunca enfrentei antes", afirma.

Mas se ganhar é motivo de comemoração, também é sinal de trabalho redobrado no futuro. Como terminou em primeiro lugar na fase inicial, Anderson subiu de nível e teve acesso à classe A, onde estão atletas com uma pontuação maior no ranking. Diante disso, o estudante admite que agora os treinos deverão ser mais dedicados do que antes. "O momento é para aproveitar qualquer tempo livre para praticar e melhorar todos os quesitos. A partir da próxima etapa estarei enfrentando oponentes mais fortes. É essencial", completa.

 

Continuação


O campeonato é divido em quatro etapas, que servem para somar pontos, a fim de chegar até a fase final. Depois da primeira etapa de ontem, a próxima fase será em abril, ainda sem data definida. No final do torneio, que será disputado no dia 2 de dezembro, o campeão levará um prêmio que gira em torno de R$ 2 mil.

 

Veja também