Vacinação anticovid

Toninho Moré

COLUNA - Toninho Moré

Data 26/11/2021
Horário 03:07

Conversamos com Grazy Feriani, chefe da Vigilância Epidemiológica de Presidente Venceslau, sobre a situação de imunização para Covid na cidade. Até agora foram aplicadas cerca de 61 mil vacinas no município.

PORCENTAGEM DA VACINAÇÃO
Presidente Venceslau está próxima do número ideal de vacinados, os 75% recomendados pelas autoridades de saúde, mas seria importante imunizar os 100% da população para garantir bom trabalho no combate à doença. 

NÚMEROS DA VACINAÇÃO 
Até o momento são 29.643 vacinados com a primeira dose, equivalente a 74,89%. A segunda dose já chegou aos 69,42%, com 27.477 aplicações. O reforço está em 10,89%. 

PREOCUPAÇÃO COM OS FALTOSOS
A chefe da Epidemiologia comentou com nossa coluna que o trabalho não pode ficar incompleto e que existe a preocupação com os faltosos e também com aqueles que ainda não tomaram a primeira dose. Os faltosos são 857 da vacina AstraZeneca, 276 da Coronavac e 1.655 da Pfizer. Os que ainda não apareceram para a terceira dose são 2.554. 

RELATO SINCERO 
Grazy Feriani fez um relato sincero sobre a situação do descaso de algumas pessoas. São as que não apareceram ainda para tomar a primeira dose. Disse que cerca 2,5 mil pessoas estão totalmente vulneráveis à doença e podem até complicar todo o trabalho feito até agora. Ela pede que compareçam ao Posto de Saúde e façam a imunização.

NATAL EM VENCESLAU
Já foram definidas as regras para o Natal em Presidente Venceslau. A administração municipal resolveu concentrar no centro histórico parte dos enfeites que utiliza para a cidade nesta época do ano. Até a casa do Papai Noel foi erguida no local.

A PARTIR DO DIA 10
O Natal venceslauense começa com a chegada do Papai Noel no dia 10 de dezembro, quando também o comércio abrirá suas portas das 9h às 22h. Nos sábados, das 9h às 17h.  Houve consenso entre os sindicatos patronal e dos Comerciários, com anuência da Associação Comercial e Industrial na escolha dos horários. 

SHOW E ATIVIDADES CULTURAIS
A escolha do centro histórico para abrigar as luzes, música e casa do Papai Noel pela Prefeitura está ligada ao desejo da prefeita Bárbara Vilches (PV) de valorizar o local. A administração promoverá shows de música ao vivo, apresentação de corais e outros tipos de eventos culturais durante o período das festas. 

NA CÂMARA MUNICIPAL 
A penúltima sessão ordinária antes do recesso de final de ano na Câmara Municipal de Presidente Venceslau foi quente. Dois vereadores do PSDB promoveram discursos antagônicos que chamaram a atenção de todos. 

WILSON HIRAKAWA
Primeiro foi Wilson Hirakawa, que demonstrou insatisfação com o partido por causa das falhas promovidas nas prévias do domingo passado. Se disse decepcionado e que tudo aquilo foi um fiasco. Também falou sobre o desajuste promovido pelo partido na Bolsa do Povo, que conforme citou, ainda não pagou nenhum de seus participantes há dois meses. 

JOÃO COLA 
O presidente da Câmara, João Cola, também do PSDB e presidente do Legislativo venceslauense, foi à tribuna e saiu em defesa ao partido. Admitiu que houve erro nas prévias, mas o “único que não erra, está lá em cima”, se referindo a Deus. Disse que não acha que foi um fiasco, e sim algo inovador, que não deu certo da primeira vez, mas que será muito utilizado em outras. 

ESTRADA DA AYMORÉ 
Outra discussão no Legislativo teve como foco a estrada vicinal da Aymoré, que vem sendo recapeada pelo governo do Estado. O vereador Diogo Garcia (PSDB) quer a instalação de obstáculos na pista, mas diz que recebeu informações da administração que tem a pretensão de colocar radares nas proximidades da ponte, local com maior incidência de acidentes. 

PARALISAÇÃO DAS OBRAS
Outro assunto sobre estrada foi a paralisação das obras de recapeamento nos últimos 10 dias. O Blog do Toninho mostrou matéria falando sobre o trabalho que empreiteira iria realizar no trecho entre Campinal e o Rio do Peixe, fazendo com que tivesse que parar a vicinal para atender a urgência. Até o final do mês haverá o retorno das obras.

Veja também