Vacinação mostra cada vez mais sua eficácia

EDITORIAL - DA REDAÇÃO

Data 29/07/2021
Horário 04:18

A cada dia que passa, mais e mais a campanha de vacinação contra a Covid-19 vem ganhando a confiança da população. Infelizmente, como tudo o que é novo, as doses de esperança enfrentaram desconfiança e medo por parte de muitos brasileiros. Até hoje tem gente querendo escolher qual imunizante tomar, em um gesto de egoísmo e desrespeito com aqueles que estão na fila ávidos por sua vez. Na verdade, essas pessoas não se dão conta que vacina boa é aquela que foi aplicada, independentemente de sua fabricante. Embora cada qual possua suas peculiaridades, todas foram aprovadas pelos órgãos de saúde e, de fato, protegem.
Os dados estatísticos estão aí para provar a eficácia das vacinas. Com a vacinação de mais de 96 milhões de brasileiros contra a Covid-19 com, pelo menos, a primeira dose do imunizante, o número de casos e de óbitos pela doença caíram cerca de 40%, em um mês, de acordo com dados do LocalizaSUS, plataforma do Ministério da Saúde. Portanto, não resta dúvidas que a luz no fim do túnel é sim a imunização.
Os municípios têm feito a sua parte, e gerenciado a campanha de vacinação da melhor forma possível. Em Presidente Prudente, por exemplo, até mesmo plantões noturnos são realizados para facilitar a vacinação e evitar aglomerações. Ontem, tal estratégia foi utilizada para vacinar as pessoas entre 30 e 34 anos, que puderam procurar seis postos de saúde da cidade até as 21h30. Vale ressaltar que esta foi a última oportunidade para que a população desta faixa etária recebesse a primeira dose da vacina, já que, a partir desta quinta-feira, tem início uma nova etapa do cronograma, que vai contemplar prudentinos com 29 anos.
Até o momento, 131.259 prudentinos já receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19, o que corresponde a 57% da população, e 51.271 tomaram as duas doses ou vacina em dose única, ou seja, 22,2% da população. Esta mesma realidade se repete nos demais municípios da região, sendo que alguns deles estão com o cronograma de vacinação ainda mais avançado, contemplando jovens acima de 18 anos.
Em breve, certamente, respiraremos ainda mais aliviados. Mas temos que continuar firmes, evitando aglomerações, não descuidando dos protocolos sanitários, e não abrindo mão de usar as máscaras. Seguimos em frente, porque o futuro próximo é sim cheio de esperança para todos nós.

Veja também