Viva o esporte!

EDITORIAL -

Data 08/07/2021
Horário 03:30

Na edição de terça-feira divulgamos a viagem de dois jovens garotos que estão materializando seus sonhos no atletismo, passo-a-passo, degrau por degrau: Eron Maciel de Araújo e Gabriel Luiz Boza que disputarão o 52º Sul-Americano, em Lima, no Peru, pela seleção brasileira de atletismo. Isso para os garotos já é o máximo em suas carreiras, pois estarão lá vestindo o uniforme do seu país. Agora imaginem o quão gratificante será para ambos ter ali pertinho deles aquele professor que é o responsável por todo o crescimento, por cada evolução nas pistas. Pois é, o mestre Cremilson Julião Rodrigues, conhecido como Montanha foi convocado pela CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo) como um dos técnicos da seleção brasileira.

Falando com esse gigante de fala mansa, ele disse que seu coração estava muito feliz por tudo que estava acontecendo e muito mais agradecido por toda a dedicação de cada atleta que Deus colocou em sua vida.

Na edição de ontem, um dos destaques do esportes foi a confirmação da participação da prudentina Jerusa Géber dos Santos (classe T-11) nos Jogos Paralímpicos de Tóquio. Como dito na reportagem já era algo esperado tanto pela equipe quanto pelos brasileiros apaixonados pelo esporte, em especial pelo atletismo paralímpico, visto que, a atleta vem de resultados simplesmente de “encher os olhos”.

Jerusa é muito determinada, aplicada, responsável e que não se abate diante das dificuldades. Pelo contrário, como expõe o seu companheiro na vida matrimonial e esportiva, Luiz Henrique Barbosa da Silva, depois das Olimpíadas do Rio, eles passaram por momentos muito difíceis ao ponto de chegarem a pensar que não mais seria possível outra oportunidade. Mas o Criador é muito maior!

Ele disse que “Foi um ciclo muito abençoado com recordes brasileiros, recordes Parapan-americanos, recordes mundiais, quebras de marcas pessoais”. A fé, o agradecimento a Deus está sempre, sempre presente!

O que este editorial pretende trazer mais uma vez é o que o esporte representa na vida das pessoas. Mexe com os sentimentos, com os sonhos, com vidas. Cada um sabe da sua dificuldade, do seu esforço. Vocês já pararam para pensar quantas vezes um atleta treina para atingir o tempo perfeito? A altura certa? O tempo exato? A sequência necessária?

Você já parou para pensar nos dias de chuva que enfrentam, na pista escorregadia, muitas vezes esburacada, às vezes falta o tênis adequado. E a alimentação? Por isso é sempre importante bater na tecla do: patrocine um jovem atleta.

Como disse o presidente do comitê olímpico, Mizael Conrado o esporte significa resiliência, autoestima, e não há nada mais emocionante neste momento de tantas incertezas em que o mundo ainda vive, com tudo que a pandemia da Covid-19 impactou na vida desses atletas que continuam superando desafios pessoais, físicos e emocionais como todos para vencer um único inimigo, o novo coronavírus. VIVA O ESPORTE!

 

 

Veja também