Vozes Prudentinas faz concerto no Teatro Paulo Roberto Lisboa

Chizzolini fala que neste repertório, como é uma sinfonia musical, o público poderá apreciar desde canções sacras, passando pelas folclóricas até as populares.

VARIEDADES - Oslaine Silva

Data 08/05/2015
Horário 08:36

 



O Coral Vozes Prudentinas, que fez o show de inauguração do Teatro Paulo Roberto Lisboa, no Centro Cultural Matarazzo, volta ao palco nesta sexta-feira, às 20h, com o concerto "Sinfonia Vocal". Para que a noite seja ainda mais especial, o grupo convidou outros participantes para se juntarem no palco. São eles: os corais Amélia Bazan (22 integrantes); Feminino Apampesp (25); Sest/Senat (18) e Santa Casa de Prudente (14). Além dos violinistas Reinaldo Fedato, Gabriel Chizzolini Cervellini, Maíra Sgobbi e a tecladista Luciana Carolina de Faria. Os convites custam R$ 10 e podem ser adquiridos com os coralistas ou na hora do evento.

Jornal O Imparcial Grupo, formado atualmente por 30 coralistas, se apresenta em diferentes lugares do Brasil

Ana Rita Chizzolini, regente do Vozes Prudentinas, comenta que todos desejam ver o teatro repleto de pessoas, como esteve na inauguração com lotação máxima (498 lugares) no musical "Canta Brasil". "É um prazer podermos estar neste maravilhoso teatro novamente. Ele tem uma acústica para vocal e instrumental excelente. Me sinto realizada num local onde posso mostrar meu trabalho como é realmente. Toda a técnica, preparo vocal e repertório são expostos perfeitamente neste espaço", pontua a regente.

Chizzolini fala que neste repertório, como é uma sinfonia musical, o público poderá apreciar desde canções sacras, passando pelas folclóricas até as populares.

"Em uma hora de apresentação, teremos dois momentos, sendo que no primeiro, nós estaremos sozinhos no palco. Depois, no encerramento, todos os corais cantarão duas músicas, uma obra de Wolfgang Amadeus Mozart e uma de Nando Cordel", adianta.

 

22 anos

Há mais de duas décadas (26/11/1992) em atividade, o coral Vozes Prudentinas vem se apresentando em diversas cidades do Estado de São Paulo, Minas Gerais, Santa Catarina e Goiás. Em Alagoas, participou do Festival Internacional de Corais em Maceió, e até fora do país, na Argentina e Paraguai no Festival Três Fronteiras. Atualmente são 30 coralistas

O grupo, que começou como coro de uma empresa, tem no currículo vários prêmios, entre eles: Galo de Tirol em Treze Tílias (SC).

Veja também