A todos os profissionais, muito obrigado

EDITORIAL - DA REDAÇÃO

Data 07/04/2020
Horário 04:37

O leitor que acompanhou a edição de domingo de O Imparcial encontrou uma capa bem diferente da qual está habituado a ver neste periódico. Substituímos o formato comum, com manchete e chamadas de notícias, por um recurso gráfico que começava com a famosa linha de batimentos cardíacos, tão associada ao exercício da medicina, e se encerrava com a palavra “obrigado”.

Embora a reportagem que a complementava tenha dado ênfase especial aos médicos que atuam na prevenção, diagnóstico e tratamento do Covid-19, todos os profissionais da saúde merecem a nossa atenção e gratidão, como é o caso dos enfermeiros, fisioterapeutas, biomédicos, farmacêuticos, psicólogos, entre outros. Todos estes, unidos, formam uma equipe fundamental e necessária para prestar ao paciente o melhor suporte que requer para o período de convalescença.

Que se sintam também contemplados todos aqueles que, por força de suas atividades, se dedicam para garantir a manutenção de serviços essenciais para a população. Alguns exemplos podem ser citados aqui, como os profissionais da limpeza pública, que continuam, embora com algumas modificações, executando a varrição das ruas e a coleta de lixo. Há também aqueles que cuidam da assepsia dentro das unidades hospitalares, para garantir a desinfecção destes espaços e evitar a proliferação do vírus. E não podemos nos esquecer de quem trabalha nas cozinhas para assegurar a alimentação e nutrição de todos os pacientes.

Nas escolas, os profissionais da limpeza também se mantêm ativos para preservar o patrimônio público, a fim de que, no momento adequado, as crianças possam voltar para suas salas de aula e encontrar o lugar tão bem cuidado quanto no momento em que o deixaram. Há ainda os caminhoneiros, que seguem firmes em sua atividade de levar o produto que o consumidor precisa até seu destino final, independente das distâncias.

E por último, mas não menos importante, os profissionais da segurança pública, uma vez que, enquanto nós permanecemos dentro de casa, estes bravos agentes continuam nas ruas zelando pelo nosso bem-estar. Enfim, são inúmeros os exemplos que poderiam aqui ser mencionados, mas encerramos agradecendo a todos, sem exceção, que têm se dedicado para não deixar a cidade desamparada enquanto superamos este vírus.

Veja também