Antiga escola é reservada para enfrentamento ao coronavírus

Acordo disponibiliza ao município a utilização do imóvel localizado em frente ao aeroporto para eventuais ações de prevenção

PRUDENTE - DA REDAÇÃO

Data 30/03/2020
Horário 14:46
Marcos Sanches/Secom - Imóvel fica na Rodovia Assis Chateaubriand Foto: Marcos Sanches/Secom - Imóvel fica na Rodovia Assis Chateaubriand

A Prefeitura de Presidente Prudente assinou um Acordo de Cooperação Técnica com o IFSP (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo), que disponibiliza ao município a utilização de um imóvel localizado na Rodovia Assis Chateaubriand (SP-425) onde funcionava a Escola Nilma Jorge, em frente ao Aeroporto Estadual Adhemar de Barros. A ideia é de que a área esteja reservada para eventuais ações de prevenção da disseminação do novo coronavírus. 

O acordo tem a vigência de 12 meses podendo ser prorrogado. De acordo com a Secom (Secretaria Municipal de Comunicação), o prefeito Nelson Roberto Bugalho (PSDB) recebeu no dia 18 de março, no gabinete, os representantes do MEC (Ministério da Educação), com o objetivo de retomar as tratativas para implantação do Instituto Federal de Educação em Presidente Prudente.

Na ocasião, o reitor do IFSP, Eduardo Antônio Modena falou da intenção de viabilizar um novo local para receber o instituto. Desta forma, o atual espaço seria devolvido ao município, o que foi efetivado no acordo de cooperação.

Conforme o reitor lembrou inicialmente, o Instituto seria instalado no prédio da escola, em frente ao aeroporto. No entanto, a questão avaliada pelo MEC teve parecer negativo do DER (Departamento de Estradas Rodagens) por conta de questões do projeto.

Com a devolução do prédio ao município, o Instituto estuda a intenção de viabilizar um novo local. Está em análise o prédio da Escola João Ceribelli Pacca, desativada na Vila Nova Prudente. O local citado bem como outros, serão analisados pelo Instituto.

Veja também