Apesar de pedido para evitar superlotação, Prudente Urbano retira 5 ônibus

Veículos afetados faziam seus itinerários durante o início da manhã e beneficiavam usuários dos bairros São Lucas, Ana Jacinta, João Domingos, Brasil Novo e Residencial 3º Milênio

PRUDENTE - ANDRÉ ESTEVES - Da Redação

Data 17/03/2020
Horário 13:47
Arquivo - Empresa foi orientada a adotar medidas para evitar superlotação em ônibus Foto: Arquivo - Empresa foi orientada a adotar medidas para evitar superlotação em ônibus

A Prudente Urbano anunciou, no final da tarde de ontem, a retirada de cinco horários de transporte coletivo em Presidente Prudente. A decisão ocorreu no mesmo dia em que o prefeito Nelson Roberto Bugalho (PSDB) baixou decreto com uma série de medidas de prevenção ao contágio pelo coronavírus, entre as quais está a recomendação à empresa para que também adote medidas a fim de evitar a superlotação de passageiros nos coletivos.

Tidos como “ônibus especiais”, os veículos afetados faziam seus itinerários durante o início da manhã e beneficiavam usuários dos bairros São Lucas, Ana Jacinta, João Domingos, Brasil Novo e Residencial 3º Milênio (veja horários no final da reportagem).

Na publicação em que a concessionária comunica a remoção temporária destes ônibus, sem período de retorno, passageiros não esconderam a insatisfação. “Irônico o prefeito criar um decreto para não haver aglomerações e a empresa diminuir [veículos] ao invés de manter, a fim de que não haja superlotação. Eles não pensam em proteger nem seus funcionários”, comenta uma usuária.

Outra usuária reivindica: “Esse é o momento de ajudar a população que a mantém de cofres cheios e, mais uma vez, vai virar as costas”. “Em tempo de evitar aglomeração, o negócio é deixar ônibus mais lotados”, comenta outro.

 

Queda de passageiros

À reportagem, a advogada da Prudente Urbano, Renata Moço, atribui a retirada temporária dos veículos à “queda do número de passageiros observada nos horários em questão, o que implica diretamente na arrecadação da concessionária”. Ela menciona que representantes da empresa já se reuniram ao prefeito com o objetivo de apresentar reivindicações para a manutenção do serviço durante esse período emergencial. “Como a arrecadação vai cair demasiadamente e a fim de que a empresa se mantenha sustentável e o transporte não pare, solicitamos em caráter emergencial, pelo prazo de 90 dias ou mais, além da redução da frota, a isenção do ISS [Imposto sobre Serviços] e da outorga, por exemplo”, esclarece.

Segundo Renata, tudo que a empresa fará “visa o atendimento aos usuários, bem como a crise que se enfrenta no momento”. “Em tais circunstâncias, o usuário deve respeitar o protocolo pessoal de higienização, conforme orientações das pastas de Saúde, e, nos casos em que for possível, negociar com seu empregador a entrada e saída em horários diferentes que não os de pico, com o intuito de dar prioridade para aqueles que realmente precisam usar o transporte nos momentos de maior fluxo”, destaca.

Renata pontua que a Prudente Urbano também fará a higienização de todos os ônibus nos intervalos e paradas dos itinerários.

A reportagem aguarda o posicionamento da Prefeitura.

 

Linhas retiradas

Linha 102 São Lucas x Hospital Regional – 6h15 saindo do São Lucas

Linha 111 Ana Jacinta x Vila Furquim – 5h55 saindo do Ana Jacinta

Linha 112 Ana Jacinta x João Domingos – 6h05 saindo do João Domingos

Linha 128 Brasil Novo x Distrito Industrial e Colégio Agrícola- 6h20 saindo do Brasil Novo

Linha 129 Brasil Novo x Cohab – 6h30 saindo do 3° Milênio

Veja também