Paulo Miguel - Molecada se reuniu na Quadra Coberta ontem de manhã para praticar

Foto: Paulo Miguel - Molecada se reuniu na Quadra Coberta ontem de manhã para praticar

INICIAÇÃO

Aula de skate agita crianças no Parque do Povo

Prefeitura de Prudente, por meio da Coordenadoria Municipal da Juventude, começou a ensinar a prática na cidade, a qualquer pessoa que tenha interesse

  • 11/08/2019 05:37
  • THIAGO MORELLO - Da Reportagem Local

Ollie, kickflip, manual, pop shove-it e muitas outras manobras de skate são difíceis até de pronunciar, então imagina para iniciantes praticar? Mas, pensando em combater essa dificuldade, na manhã de ontem o primeiro passo foi dado. Pelo menos para o grupo de crianças que se aventuraram e participaram da primeira aula de skate oferecida pela Prefeitura de Presidente Prudente, na Quadra Coberta do Parque do Povo. Por meio da Coordenadoria Municipal da Juventude, a atividade tem como público-alvo qualquer pessoa que tenha interesse, a partir dos 7 anos.

Como o Pedro Bertão, por exemplo. Aos 11 anos, ele não é tão inexperiente assim, já que há um ano pratica o skate. E como começou o interesse? Ele conta à reportagem que foi olhando vídeos na internet, mais especificamente do skatista Diego Guerra, surgindo assim o interesse. “No começo era mais simples, ia com mais medo. Mas agora dá mais vontade. E cair faz parte, né. Só assim para a gente aprender”, completa.

Mas cair também sinônimo de diversão, para alguns. “Na verdade, se está caindo quer dizer que está aprendendo”. Pelo menos é dessa forma que encara o Lorenzo Coimbra, 11 anos. Às margens da quadra, dava pra ver que ele mal prestava atenção a sua volta, depositando o foco total no esporte. “Antes eu tinha medo de subir no skate. Mas aprendendo a gente vê que é gostoso”, completa. Por isso, ele continua na prática há um ano.

E o medo de subir no skate é compartilhado também com o amigo, Leonardo Gadel, 11 anos. “Aliás, teve uma vez que fiquei com um roxo no joelho por vários dias, por que caí e bateu forte”, confessa ele, rindo e dizendo que tudo isso faz parte. Pra ele, que gosta de andar sempre de skate, as aulas vão ajudar a ter mais noção da atividade física.

 

Reis do esporte

E levar um pouco mais sobre a noção do esporte é o que pretende o skatista Gabriel Gustavo, que já foi campeão de vários campeonatos. Ele conta que, ao longo do projeto, ambas as partes serão repassadas: teoria e prática. “É uma satisfação fazer parte desse projeto, e meu objetivo é colocar minha experiência do esporte pra eles. É legal ver que tem uma molecada interessada”, complementa. E para cada idade, ele ressalta que o acompanhamento acaba sendo um pouco mais diferenciado, isso pensando na segurança do praticante.

O idealizador projeto, professor Rodrigo Fagundes, que também já foi campeão da modalidade, lembra que a importância de incluir o esporte no radar da coordenadoria também vem no sentido de “tirar a molecada da rua” e acolher quem gosta de se jogar na atividade. “Primeiro dia e hoje e, olha só, já tem bastante interessado. Queremos ajudar quem quer e gosta de praticar”, conclui. De acordo com ele, já são cerca de 30 alunos espalhados pelas praças e ainda é possível se inscrever.

 

Serviço

As aulas serão em todas as praças da Juventude. No Ana Jacinta, na “Francisco Vinha”, será às segundas-feiras, a partir das 17h30; “Lucas Nalini Paschoalin”, na Cohab, às terças, também a partir das 17h30; “Jaime Barbosa de Moura”, no Humberto Salvador, será aos sábados, a partir das 10h; na Praça CEU (Centro de Artes e Esportes Unificados) “Samoel Brondi”, no Parque Alvorada, será às quartas-feiras, a partir das 17h30; e na Quadra Coberta do Parque do Povo, aos sábados, a partir das 15h. Mais informações sobre as aulas de skate, bem como sobre as inscrições, podem ser obtidas pelo telefone 3905-1686.