Casos de roubos mostram audácia de bandidos no mundo do crime

  • 22/09/2019 05:07

O mundo do crime passa por constantes mudanças, especificamente, no modus operandi (maneira de atuação). Para os criminosos, a “transformação” se faz necessária, uma vez que as polícias têm se mostrado cada vez mais empenhadas em descobrir as ações e, consequentemente, evitar que o crime seja repetido. Desta forma, as grandes e pequenas organizações criminosas, por exemplo, estão reinventando a forma de executar ações. Em alguns casos, se disfarçam até mesmo de policiais para “chegarem de fininho” na vítima, fato já registrado em Presidente Prudente em um roubo ocorrido no mês passado.

Mesmo com o efetivo nas ruas, os criminosos encontram uma forma de agir. Na sexta-feira, um rapaz teve o aparelho celular roubado enquanto se protegia da chuva, embaixo do toldo de uma loja na Avenida Brasil. O bandido foi aos poucos se aproximando, pediu dinheiro para pegar um ônibus e, mesmo com a recusa da vítima, continuou insistindo. Não contente, pediu o aparelho celular emprestado para fazer uma ligação, mas o rapaz disse que não o tinha. E para surpresa da vítima, o ladrão respondeu que viu quando guardou o objeto na bolsa.

Esperto, não? Ao que parece, já estava observando o local. No mesmo dia, uma mulher teve os pertences roubados em um imóvel alugado para lazer no Jardim Maracanã. Ela estava limpando a piscina quando foi abordada. Tamanha a ousadia do ladrão que ele entrou no local pelo telhado e utilizou a própria camiseta para “enforcar” a vítima – tentativa falha.

Isso mostra que, aparentemente, os bandidos estão mais audaciosos. No entanto, é preciso analisar essa conduta por dois ângulos: o primeiro, porque na região considerada “a mais segura do Estado de São Paulo”, a polícia está conseguindo reduzir os índices de criminalidade, o que faz o bandido reinventar o modo de atuação; por outro lado, a audácia pode ser motivada pelo fato de não temer a intervenção policial – talvez, pouco provável, uma vez que é constante a circulação de viaturas policiais em patrulhamento pelas vias.

Como o modo de agir do ladrão está em constante mudança, todo cuidado é pouco! Mesmo que a polícia esteja nas ruas, o cidadão também precisa estar atento para não ser pego de surpresa. Para tanto, é importante tomar os devidos cuidados para garantir a segurança.