Foto: Polícia Civil - Polícia Civil de Pirapozinho e DIG de Mongaguá trabalharam juntas na operação proximadamente R$ 13 mil reais em celulares oriundos de estelionatos na região de Presidente Prudente

Foto: Foto: Polícia Civil - Polícia Civil de Pirapozinho e DIG de Mongaguá trabalharam juntas na operação proximadamente R$ 13 mil reais em celulares oriundos de estelionatos na região de Presidente Prudente

EM MONGAGUÁ

Inteligência Civil de Pirapozinho rastreia golpista no litoral

Operação Julius do Setor de Investigações Gerais de Pirapozinho foi deflagrada ontem no litoral paulista; um homem foi indiciado por estelionato por golpes cometidos pela internet

  • 04/02/2020 12:39
  • OSLAINE SILVA - Da Redação

A Polícia Civil de Pirapozinho (SP) deflagrou com êxito mais uma operação “Julius” que resultou na recuperação de aproximadamente R$ 13 mil reais em celulares de valor mais elevado, objetos de estelionatos na região de Presidente Prudente (SP). Após dois meses de investigações, tendo à frente o delegado Rafael Guerreiro Galvão, mandados de busca e apreensão foram cumpridos, na manhã de ontem, na região litorânea paulista com o apoio da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Mongaguá (SP).  

De três homens investigados (um de Santos e dois de Mongaguá) conduzidos à delegacia de Polícia de Mongaguá, um deles, de 20 anos de idade, confessou com detalhes o crime virtual e foi indiciado por estelionato.

Conforme o delegado, o indiciado criava uma conta falsa na OLX (site de compra e vendas), entrava em contato com as vítimas, duas de Presidente Prudente e uma de Pirapozinho, se mostrando interessado nos aparelhos que ofereciam, e as convencia, por meio de um e mail falso que o pagamento havia sido efetuado. A vítima então enviava o produto ao falsário que logo em seguida a bloqueava. E revendia os celulares.

“Ele confessou todo o delito e como era praticado o golpe pela internet. Será indiciado, não será preso porque não foi flagrante, mas posteriormente pode ser. Seguiremos em diligências para continuar a investigação em cima da ‘quadrilha’. Sempre é bom alertar a população em relação a compra e venda de qualquer coisa em aplicativos ou sites. É muito importante se informar sobre o vendedor ou comprador.

 

Foto: Polícia Civil - Recuperados aproximadamente R$ 13 mil reais em celulares oriundos de estelionatos na região de Prudente