Mãe em poucas palavras... 

OPINIÃO - Ivete Abbade

Data 10/05/2020
Horário 04:05

A capacidade de ser mãe nos é dada como um desafio a preencher a nossa trajetória de vida. Não há modelo de perfeição, não há manual e nem regras para exercê-la. A conquista se dá dia após dia.  

A caminhada é diferente e única para cada uma: a mãe moderna, a conservadora, a durona, a liberal, a intelectual, a mais simples, a protetora, a desligada, a jovem ou a mais idosa. E por mais perfeitas que tentamos ser, não conseguimos. Mas podemos monitorar o nosso coração e nos deixar levar pela intuição, escolhendo o melhor para nossos filhos. Não importa a idade deles, carregamos conosco sempre a ideia de que ainda não sabem de tudo. E nós, mães, aprendemos muito com eles, desde a sua concepção até os últimos dias de nossas vidas.  

O que nós, mulheres, temos em comum nesta tarefa de ser mãe é o amor que transcende, tudo suporta, vence todas as barreiras. Nos aprimoramos com o tempo, refazemos nossas energias e encontramos forças para vencer os obstáculos encontrados pelo caminho. Compreendemos o silêncio, convivemos com menos horas de sono e somos alimentados por uma energia que nem sabemos de onde vem. E este mundo mágico de ser mãe nos dias de hoje requer uma saúde emocional para enfrentarmos os desafios, que são muitos, mas que se alimentam do amor de cada filho. E para isso, estamos preparados para o que der e vier, mantendo o equilíbrio entre a razão e a emoção.  

Para todas as mães, neste dia em que todos se voltam a presentes, flores e orações, desejo um eterno recomeço, porque ser mãe é se reinventar a cada dia.  Feliz Dia das Mães! 

Veja também