Cedida - Reunião entre representantes ocorreu ontem na Cidade da Criança

Foto: Cedida - Reunião entre representantes ocorreu ontem na Cidade da Criança

TURISMO

Setur e interessados debatem instalação do CIT

  • 22/02/2020 06:18
  • DA REDAÇÃO

Representantes da Setur (Secretaria Municipal de Turismo), Ciop (Consórcio Intermunicipal do Oeste Paulista), Prefeitura de Presidente Prudente e entidades do setor privado interessadas em conhecer os parâmetros para a implantação do CIT (Centro de Integração do Turismo), estiveram reunidos ontem, na Cidade da Criança, para acompanhar as primeiras ações do projeto.

A ideia inicial, proposta pelo prefeito Nelson Roberto Bugalho (PSDB), é centralizar e agregar setores e segmentos do turismo em um local equipado e projetado para suprir necessidades de empresas e também do microempreendedor individual. “Cabe ao poder público criar mecanismos de apoio ao setor proporcionando à iniciativa privada melhores condições de trabalho e geração de emprego”, declara o secretário da Setur, José Fábio Sousa Nougueira.

Durante a reunião, os representantes da UEPP (União das Entidades de Presidente Prudente), Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), Monteiro Produções e Eventos, Noya Eventos, R.L Produsom, equipe da Setur, o gerente financeiro da Cidade da Criança, Ubirajara Veneziani, e o secretario municipal de Planejamento, Desenvolvimento Urbano e Habitação, Luiz Abel Gomes Brondi, discutiram as principais necessidades do segmento para elaborar estratégias para implantação do centro.

“A intenção é possibilitar que o turismo torne-se um dos grandes geradores de emprego em Prudente, desde o oferecimento de cursos e workshops de capacitação até parcerias com hotéis, restaurantes e instituições de ensino para a promoção da contratação de mão de obra preparada no município”, acrescenta Fábio Nougueira.

O CIT pode ser compreendido como um distrito industrial, porém, dedicado exclusivamente ao turismo. “Esta reunião é uma maneira de conhecer as necessidades de cada entidade para que o projeto seja elaborado, desde o princípio, com precisão e, futuramente, com total eficiência e satisfação aos envolvidos”, completa o secretário de Turismo.