75% dos leitos de UTI para Covid-19 estão ocupados na região

Em relação aos leitos clínicos para tratamento da doença, taxa de ocupação é de 76% até o momento; dados foram apresentados pelo DRS-11

REGIÃO - DA REDAÇÃO

Data 09/07/2020
Horário 17:17
Mariana Padovan - Números foram apresentados durante reunião com prefeitos da região, nesta manhã Foto: Mariana Padovan - Números foram apresentados durante reunião com prefeitos da região, nesta manhã

Do total de 57 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) disponíveis na área do DRS-11 (Departamento Regional de Saúde), 43 já estão ocupados, o que representa a taxa de ocupação de 75%. Já dos 150 leitos clínicos disponíveis para tratamento da Covid-19, um total de 115 já estão ocupados, que totaliza uma taxa de ocupação de 76% até o momento. Os números foram apresentados pelo diretor do departamento, Jorge Chihara, em uma reunião realizada hoje, no auditório da Prudenprev (Sistema de Previdência Municipal de Presidente Prudente).

De acordo com a Secretaria de Comunicação de Presidente Prudente, o prefeito Nelson Roberto Bugalho (PSDB) convocou prefeitos da região para participarem de um encontro nesta manhã, com o objetivo de discutir a taxa de ocupação dos leitos de UTI e leitos clínicos em relação ao avanço da Covid-19 em Prudente e região.

Na ocasião, Bugalho lembrou que a reunião foi sugerida pelos promotores de Justiça, Marcelo Creste e Mário Coimbra, para discutir a questão da lotação das UTI por conta do aumento de confirmações da Covid-19.

O chefe do Executivo pediu aos representantes dos municípios apoio na elaboração de um plano para melhorar a estrutura dos leitos clínicos, com base no recurso da Portaria Federal 1.666, que dispõe sobre a transferência de recursos financeiros aos Estados e municípios para enfrentamento da Covid-19.  

Na pauta foram discutidas outras questões em estudo, que estão sendo pleiteadas, como a ampliação de 10 leitos de UTI da Santa Casa de Misericórdia de Prudente; ampliação de 10 leitos no HR (Hospital Regional) Doutor Domingos Leonardo Cerávolo de Prudente; possiblidade de atendimento no Hospital Regional do Câncer de Presidente Prudente para desocupar leitos de UTI dos hospitais; construção de hospital de campanha para atendimento da Covid-19, entre outras.

A reunião contou com a presença dos prefeitos dos seguintes municípios: Álvares Machado, Alfredo Marcondes, Presidente Venceslau, Presidente Epitácio, Martinópolis, Narandiba, Pirapozinho, Rancharia, Regente Feijó, Santo Anastácio, Santo Expedito e Teodoro Sampaio. Estiveram presentes ainda demais representantes e coordenadores de saúde de toda região.

Veja também