Abner atrai olhares de times internacionais

Lateral-esquerdo da Ponte Preta é natural de Pirapozinho, esbanja talento e esteve na região, quando conversou com a reportagem sobre especulações de times da Europa

Esportes - GABRIEL BUOSI

Data 20/06/2019
Horário 07:15
Gabriel Buosi - Abner é tido pelo técnico Jorginho como o “futuro lateral-esquerdo da seleção” Foto: Gabriel Buosi - Abner é tido pelo técnico Jorginho como o “futuro lateral-esquerdo da seleção”

Se você ainda não ouviu falar do atleta da Ponte Preta, Abner Vinicius da Silva Santos, de 19 anos, saiba que está por fora de um dos nomes que mais tem movimentado os bastidores do futebol nacional e também internacional. O rapaz, que é natural de Pirapozinho, esbanja talento e esteve na região, quando conversou com a reportagem sobre especulações de equipes da Europa – que poderiam envolver milhões de reais, desafios e sonhos profissionais. Tem gente grande, inclusive, que atribui a ele o título de “futuro lateral-esquerdo da seleção brasileira”, e não é por menos, Jorginho, campeão mundial, técnico da Macaca, aposta no jovem.

O bate-papo com a reportagem começa com o início da carreira do jovem, que foi incentivada pela família, principalmente o pai. “O esporte entrou na minha vida através dos meus pais, que sempre gostaram de futebol. É algo que vem passando por gerações”, conta. A história, que começou como uma diversão e se transformou em sonho e futuramente em carreira, teve início no Grêmio Prudente ainda quando adolescente, por dois anos, oportunidade que futuramente abriu portas para a entrada no Mogi Mirim, onde ficou por alguns meses. Mas foi na Ponte Preta, há três anos, que o garoto se encontrou e deu início a uma série de conquistas.

“É uma vitrine muito grande para mim e sei que muitos jovens dariam de tudo para poder estar no lugar em que cheguei, por isso, dou o meu máximo dentro de campo para dar orgulho tanto para meu time, quanto minha família”. Por falar em orgulho, recentemente, em uma partida contra o Paraná, Abner deu um show e, no empate em dois a dois, conseguiu anotar um gol, virar o jogo, e fazer do lance um marco na carreira, que o deu visibilidade em escala nacional.

Especulações

Mas nem só de sonhos nacionais o atleta vive, a vontade de atuar futuramente na Europa veio à tona nos últimos meses com boatos de que times de Portugal, Porto e Sporting Lisboa, disputavam a contratação do jovem que é a promessa da Série B do Brasileirão. Os rumores apontavam para propostas que iam de R$ 4,4 milhões a R$ 6,5 milhões por, consecutivamente, 50% do passe do jogador e 70% dos direitos econômicos do rapaz. “Só tenho a agradecer esse tipo de especulação, pois sabemos o quão difícil é chegar lá. No entanto, tenho contrato com a Ponte Preta até 2022 e é o que eu penso no momento. Claro, não descarto a possibilidade, mas desde que seja para o bem de todas as partes”, afirma.  

O início da carreira foi como meia-esquerda, mas foi na lateral-esquerda que as oportunidades apareceram. Para ele, ambas as posições trouxeram aprendizado e ajudaram, por exemplo, no quesito marcação dentro de campo. “Meu objetivo, na verdade, é criar coisas que vão ter resultados futuros, pois preciso pensar em algo a se fazer quando acabar a carreira de futebol, que normalmente é curta. Um exemplo disso é empreender e estudar”, finaliza.

Veja também