Abuso sexual na infância: fique atento aos sinais!

EDITORIAL - Da Redação

Data 20/06/2020
Horário 04:15

O abuso sexual infanto-juvenil é uma realidade preocupante. Geralmente, ocorre às escondidas, e é identificado pela mudança de comportamento da criança, que faz com que pessoas próximas percebam e corram atrás de respostas. Apenas nas primeiras semanas de junho deste ano, a reportagem noticiou quatro fatos ocorridos na região de Presidente Prudente e que entraram em investigação pela Polícia Civil.

“Idoso é preso acusado de assediar sexualmente criança de 8 anos”; “Polícia Civil investiga suposto estupro de vulnerável em Presidente Venceslau”; “Padrasto é acusado de estuprar menina de 9 anos”; “Criança de 9 anos acusa avô por importunação sexual, em Presidente Prudente” – estas foram matérias repercutidas por este diário e que chamaram a atenção pelo modo de como elas ocorreram. Em uma das acusações, o investigado chegou a espalhar um creme nas partes íntimas da menina antes de passar o órgão genital na vagina e nádegas.

Como já reforçado pela Polícia Civil, o abusador pratica o crime sem que ninguém o veja, o que impede a prisão em flagrante e/ou provas que confirmem as denúncias. Porém, vale aquela frase: “A Justiça tarda, mas não falha”, ou seja, em algum momento a casa vai cair. O abusador pode acabar preso, mas nada apagará o trauma e as consequências da malícia da mente humana, sensações que a vítima carregará para sempre. Pior ainda, se o acusado tiver grau de parentesco com a criança, que será obrigada a ficar cara a cara com o autor pelo resto da vida.

Para impedir que mais crianças sejam vítimas de abusos sexuais, é importante que os responsáveis fiquem atentos quanto às mudanças de humor, comportamento, surgimento de traumatismos físicos, brincadeiras de cunhos sexuais e outras atitudes que antes não faziam parte do desenvolvimento delas. O agressor também pode estar dentro de casa, como em alguns dos casos citados na reportagem. Portanto, não tema e salve a vida de uma criança (disque 100).

 

Publicidade
eixosp

Veja também