Ação solidária quer arrecadar 143,6 mil peças

O trabalho contará com dois mutirões de arrecadação: um no dia 27 de junho e outro em 4 de julho. “Mas os pontos de doações já estão preparados para receber os agasalhos", comenta Mello.

PRUDENTE - Victor Rodrigues

Data 30/05/2015
Horário 08:46
 

A Campanha do Agasalho deste ano estima superar o índice de arrecadações do ano passado, quando foram recebidas 143.669 peças. A ação foi lançada ontem, em Presidente Prudente, durante uma coletiva de imprensa no auditório da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), onde estiveram reunidos representantes de entidades sociais, do TG (Tiro de Guerra), autoridades municipais, e demais parceiros da iniciativa. De acordo com Renata Mello, primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, a campanha se iniciou ontem e segue até o dia 31 de julho.

O trabalho contará com dois mutirões de arrecadação: um no dia 27 de junho e outro em 4 de julho. "Mas os pontos de doações já estão preparados para receber os agasalhos", comenta Mello. Segundo ela, a estratégia da campanha segue os mesmos moldes dos anos anteriores. "As peças recebidas nos pontos serão revertidas para as famílias atendidas pelo Fundo Social. Já os abrigos dos mutirões serão divididos para as entidades que participarem da ação", explica.

Jornal O Imparcial Campanha do Agasalho 2015 foi lançada ontem pelo Fundo Social de Solidariedade

Com o slogan "Roupa boa, a gente doa", o mutirão contará mais uma vez com o apoio dos atiradores do Tiro de Guerra. A coordenadora da campanha, Kátia Marina Teixeira Guímaro, comenta que as datas do mutirão foram marcadas com base na disponibilidade da agenda dos atiradores do TG. "Eles têm compromissos e estavam livres para nos ajudar somente nestas datas. Por isso agendamos para junho e julho", esclarece.

As entidades interessadas deverão entrar em contato com o Fundo Social até o dia 19 de junho com uma lista de integrantes que deverão participar. Na edição de 2014, cerca de 300 pessoas estiveram envolvidas e 30 entidades representadas. "Não sabemos, ainda, quantas entidades participarão neste ano. Mas todas estão convidadas", destaca.

O prefeito Milton Carlos de Mello, Tupã (PTB), também esteve no lançamento, e se mostrou otimista com o futuro resultado do trabalho. "Essa campanha é um sucesso. A população prudentina é solidária e deverá ajudar", estima.

 

PONTOS DE DOAÇÃO

Fundo Social de Solidariedade;

Tiro de Guerra;

Caixa Econômica Federal (em frente à Praça Nove de Julho);

Supermercados;

Postos da Polícia Militar;

Banco do Brasil (ao lado da loja Tora-Torra, no calçadão);

Banco Bradesco (calçadão);

Banco Itaú (em frente à Praça Nove de Julho).

Fonte: Fundo Social de Solidariedade

Veja também