Publicidade

Aeroporto de Prudente segue sem previsão de voos

Companhias aéreas que atuam no município, Azul e Gol, informaram que ainda não é possível estipular uma data de retorno das operações, suspensas desde 28 de março

PRUDENTE - GABRIEL BUOSI

Data 07/06/2020
Horário 07:35
Arquivo - Companhias dizem que não há previsão de retorno das atividades em Prudente Foto: Arquivo - Companhias dizem que não há previsão de retorno das atividades em Prudente

 

Desde o dia 28 de março as operações de voos comerciais no Aeroporto Estadual de Presidente Prudente estão suspensas, e a ausência dos pousos e decolagens deverá seguir assim por tempo indeterminado, visto que as companhias aéreas que atendem o município, a Azul Linhas Aéreas e a Gol Linhas Aéreas, confirmaram à reportagem que não há previsão para o retorno das atividades. As suspensões de voos vieram como consequência da pandemia da Covid-19 e surgiu, também, pela necessidade de prevenção ao contágio da doença.

A primeira companhia a tomar as medidas de suspensão de voos foi a Azul, que na segunda quinzena de março anunciou que interromperia as operações no município, em uma medida que deveria seguir até o dia 30 de junho, conforme previsão daquela época. Na ocasião, a empresa afirmou que a decisão surgiu a partir da queda na demanda de passageiros e também para minimizar a propagação do vírus. “Ao todo, a companhia está reduzindo a capacidade consolidada de 20% a 25% no mês de março e entre 35% a 50% em abril e meses seguintes até que a situação se normalize”, informou em março.

As suspensões de voos vieram como consequência da pandemia da Covid-19

Já nesta semana, a Azul disse que, diante das incertezas geradas com relação à desaceleração da pandemia e da retomada econômica, tem mantido uma malha aérea mais abrangente a partir de julho, de forma a poder monitorar as demandas e recuperar a oferta com mais assertividade. “A companhia tem a expectativa de retomar a maior parte de sua malha ao longo do segundo semestre”, informa, mas lembra que só será possível definir com mais precisão quais cidades voltarão a receber voos, à medida que a empresa consiga ter melhor visibilidade do comportamento do cliente e da economia ao longo dos meses restantes deste ano. “No entanto, por ora, não há previsão de retomada das operações em Presidente Prudente”, confirmou à reportagem.

Gol cancela voos

Já a suspensão de atividades da Gol ocorreu no dia 28 de março. Na ocasião, a empresa apontou que em resposta à crise da saúde pública, e à nova demanda por transporte aéreo em tempos de isolamento social, a companhia promoveria, em caráter temporário, a readequação de sua malha doméstica, se estendendo inicialmente até 3 de maio. “Durante esse período, a Gol manterá as operações para as capitais, enquanto as regionais e internacionais regulares estarão suspensas”.

Já nesta semana, a Gol ressaltou que a cidade segue com voos suspensos até pelo menos julho, mas pontuou que eles podem ser retomados nos meses seguintes, dependendo da demanda. “A malha da companhia é dinâmica e constantemente revisada para melhor atender seus clientes e aos movimentos do próprio mercado”.

Medidas de prevenção

Conforme noticiado por este diário, para o diretor regional da Aviesp (Associação das Agências de Viagens do Interior de São Paulo), Marcos Antônio de Carvalho Lucas, estas são medidas de prevenção e proteção para as empresas aéreas, visto que um “avião voando” sem os requisitos mínimos necessários para a operação pode levar qualquer empresa à falência. “São ações que precisam ser tomadas, por não terem outra saída. O avião levantando voo tem custos caríssimos”, aponta.

SAIBA MAIS

Gol suspende 2 voos de Prudente temporariamente

3 voos estão sujeitos a alterações em Prudente

Veja também