Atletas da região se destacam em competições

JOVENS PROMESSAS Paulo Ceresine é vice-campeão brasileiro no salto em distância e Flávio de Farias ganhou medalha de ouro em Portugal

Esportes - BRUNO SAIA

Data 03/11/2016
Horário 07:56


"Eu sempre gostei de correr, um dia veio um papel da escolinha, em Álvares Machado, então resolvi participar por conta própria", conta o jovem atleta Paulo Estevan Ceresine Neto que, aos 14 anos, foi vice-campeão brasileiro sub-16 no salto em distância, em competição realizada em São Bernardo do Campo, no dia 21 de outubro. "A sensação é muito boa, treinei para essa competição o ano todo e consegui um bom resultado", destaca o garoto, que teve sua melhor marca, de 6m55 registrada durante a disputa.

Jornal O Imparcial Paulo é vice-campeão brasileiro e Flávio conquistou medalha de ouro em Portugal

Depois do início em Machado, cidade onde mora, Paulo foi convidado para treinar na pista da FCT/Unesp (Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Estadual Paulista), em Presidente Prudente, onde atua há pouco mais de um ano, de segunda a sábado, das 14h30 às 17h30. "Para ir até São Bernardo tive apoio do Cleiton Dutra, que é secretário de Esportes em Machado e do meu pai", lembra o atleta, revelando as dificuldades enfrentadas para participar das competições.

"Na hora da prova, procurava ficar o mais relaxado possível, o mais focado, pois já sabia que tinha chance de medalha. Então só pensei nisso e fiz o meu melhor salto", relata Paulo, sobre os minutos antes da disputa que lhe rendeu o título de segundo melhor atleta do Brasil em sua categoria. "Quero chegar às Olimpíadas, se Deus quiser", estima.

 

Campeão em Portugal

Quem tem uma história semelhante é o atleta Flávio Barbosa de Farias, 16 anos, que conquistou a medalha de ouro no Campeonato Português de Atletismo Juvenil, disputado em Algarve, Portugal, em julho deste ano.

"Eu também comecei na escolinha em Machado, onde treinei e aprendi a gostar dessa prova", relata o jovem. "Antes de saltar, eu penso que estou sozinho, não vejo os outros saltarem e fico só pensando no que vou fazer", conta, lembrando as sensações durante a prova disputada na Europa. "Ano que vem quero conseguir o índice para disputar o Campeonato Mundial, que vai ser em Nairobi, no Quênia", conta o Flávio, lembrando que para realizar a viagem teve o apoio da Oeste Saúde e da Nabileque Incorporadora.

 

Trabalho voluntário

Outro ponto em comum na trajetória das duas promessas do atletismo da região é o treinador Elton Ribeiro de Queiroz, o Nenê. "A gente faz este trabalho pelo amor ao esporte, sem nenhum apoio e, ainda assim, Prudente é um dos melhores polos de atletismo do Brasil, pois aqui o nosso foco é na qualidade", revela o técnico, que também atua como personal trainer. "Os dois têm muito potencial, com histórias muito parecidas e, mesmo sem praticamente nenhum auxílio, já conseguiram resultados muito bons", completa.

 

 

Veja também