Botão

Sandro Villar

O Espadachim, um cronista a favor do leão e contra o leão de chácara (quando abusa)

CRÔNICA - Sandro Villar

Data 08/03/2022
Horário 05:30

Às vezes, penso com os meus botões sobre a situação atual, enfim, a atual conjuntura. Ainda bem que as minhas camisas têm vários botões. Vários botões? Pois é, o Vladimir, que está Putin da vida, e o João Bidê (que decepção!) têm à disposição deles uma penca de botões, enfim, vários botões, aliás, botões malignos.
Dependendo das circunstâncias, eles podem apertar tais botões e a humanidade será varrida do planeta Terra. Hiroshima e Nagasaki serão "insignificantes" diante do poderio atômico dos EUA e da Rússia nos dias de hoje. 
Não sei se vocês já observaram: quando o presidente do EUA viaja logo aparece um auxiliar, para não dizer puxa-saco, com uma maleta. É nessa maleta que mora o perigo. Ali está o botão - ou botões, quem é que sabe? - com os códigos nucleares.
Se o urso russo começar a rugir grosso, dando um abraço de urso na Otan, não tenham dúvidas de que o dono do mundo, quer dizer, presidente dos EUA não hesitará em apertar o botão mesmo a bordo do Air Force One, aquele avião Jumbo bonito pra cachorro.
Evidente que haverá retaliação da Rússia e a situação ficará ruça de vez. Putin tem mísseis intercontinentais praticamente escondidos nas florestas da Sibéria. Atingiriam fácil Nova York e outras cidades americanas, assim como os mísseis americanos também destruiriam Moscou em questão de minutos.
Lamento informar que este é o mundo em que vivemos. Há um botão a nos ameaçar. E "garro" a imaginar: e se algum imprudente apertar o botão? É outra encrenca que não deve ser descartada, ou seja, a possibilidade do guardião do silo apertar algum botão sem querer, enfim, por engano. Por aí.  
Botão só nas roupas, nos elevadores e, principalmente, nas rosas. Sim, botão de rosa. Olha só que lindo: botão de rosa. Tem coisa mais bonita do que um botão de rosa? Sim, tem: é a pomba da paz, que deveria voar pelo leste europeu antes que algum maluco, que se acha dono do mundo, aperte o botão nuclear.

DROPS

Guerra Rússia vs Ucrânia é briga de cadelona com cadelinha.

Quem semeia vento colhe furacão ou energia eólica.

Trigo sobe 13%. Comeremos pão de mandioca.

InaDIMPLEnte não toma DIMPLE.

W Mecânica, a oficina do Wladimir.
Nacionais e importados. Rua Arthur Vila Real, 485, Vila Formosa. 3222-1353.
 

Veja também