Publicidade

CENTRAL DE AMBULÂNCIAS

REGIÃO - JOSÉ VICENTE

Data 08/01/2020
Horário 03:08

A Prefeitura de Indiana criou recentemente a Central de Ambulâncias, localizada no prédio ao lado da municipalidade, onde funcionava a cozinha-piloto. Os motoristas devem permanecer no local aguardando as chamadas, mesmo no período noturno, para o atendimento 24 horas com escalas programadas pela Secretaria Municipal de Saúde.

INDIANA RECEBE REPASSES DO ICMS

Segundo informações da Secretaria da Fazendo do Estado, o município de Indiana recebeu em 2019, o repasse de R$ 2.459.762,70, valor referente ao ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços). O montante é 6,36% maior do que o repassado no ano anterior, 2018, que foi de R$ 2.312.578,82.

ÁGUAS DE JANEIRO

Um início de ano maravilhoso para agricultores e criadores de nossa região. Algumas represas que estavam quase secas voltaram a ter nível satisfatório e o verde voltou a predominar para alegria dos sitiantes de Indiana. Por outro lado, as estradas foram castigadas e carecem de um atendimento urgente por parte da Prefeitura. No final de semana, alguns carros ficaram atolados no Bairro Chora-Chora, necessitando de ajuda para serem removidos.

RIOS QUE DESAPARECERAM

E por falar em águas, até os anos 60, o município de Indiana contava com dois rios famosos e muito frequentados por nossa população. Os rios Palmital e Santa Maria, que praticamente desapareceram pelo mau uso das terras, já que agricultores não tiveram o devido cuidado e ocorreu o assoreamento. Eram rios com grande quantidade de peixes e nos finais de semana banhistas da região toda procuravam esses locais para seu lazer sem perigo de contaminação. Porém, as plantações de algodão e outros produtos provocaram a destruição desses mananciais.

DEPOIS DAS FESTAS, ACADEMIAS

Após as festas de fim de ano é comum aquele desconforto dos quilinhos a mais e para alguns surgem problemas e traumas de ter que enfrentar a balança. Então, correm para as academias ou paras as pistas tentando recuperar o peso ideal. Sempre é bom lembrar que as academias devem orientar as pessoas no sentido de primeiro se submeter a um exame médico. Importante um teste para avaliar a saúde daquele que procura uma academia, para saber de suas condições físicas. A própria academia deve proporcionar o teste através de um profissional especializado.

TEODORO E ARAGUAIA

No final da década de 1950, indianenses vibravam com uma dupla sertaneja denominada Teodoro e Araguaia, dois jovens que tinham vocação para interpretar nossas canções raízes. Fizeram sucesso e até foram cadastrados na União dos Artistas de São Paulo. Tiveram programas radiofônicos na antiga MRC (Martinópolis Rádio Clube) e na PRI 5 (Rádio Difusora de Presidente Prudente). Jovino Teodoro da Costa (Teodoro) e Alcides Marcelino (Araguaia) estavam no auge do sucesso, quando esbarraram na questão dos direitos autorais. Como já existia a dupla Zé Tapera e Teodoro, nossos cantores foram obrigados a mudar o nome e passaram a se chamar Galupe e Galope. Venceram o Festival Sertanejo Regional promovido pela Nova Difusora de Regente Feijó, que era dirigida pelo saudoso Ari Ferreira da Costa, em 1967. Chegaram a integrar o Trio Martinopolense até 1978. Alcides Marcelino ainda reside em Indiana, e atua no ramo de cerâmicas.

O FIM DOS LARANJAIS

Lendo o livro do companheiro Altino Correia, encontrei a reportagem sobre o corte dos laranjais na Alta Sorocabana por volta de 1958, um fato que causou muitos problemas na época. Nossa região era muito produtiva no setor da citricultura, quando surgiu a história do cancro cítrico que afetava nossos pomares. Vivenciei esse período e lembro que muitos proprietários não aceitavam a destruição de seus laranjais e em alguns casos era necessária força policial. Foi muito triste, pois as plantas eram cortadas e veneno era aplicado para que não brotassem. Toda a Alta Sorocabana foi atingida, menos de Rancharia em diante.

DEPUTADOS ZÉ RUELA

Causou certo constrangimento a frase do deputado federal Luiz Philipe de Orleans e Bragança, chamado de "príncipe", por ser descendente da família imperial. Segundo o deputado, o Brasil precisa de uma reforma política para que o deputado não seja um "Zé Ruela com CPF". O parlamentar é a favor do parlamentarismo e sua esperança é que Bolsonaro seja o último presidente da república. O príncipe taxou a Câmara Federal hoje de "muvuca".

RENOVAÇÃO

Nos últimos dias temos ouvido bastante a palavra renovação, e sentimos que as pessoas almejam uma renovação política. Aquele político que ficou nos últimos três anos apenas ostentando o título de vereador, e seu desempenho deixou a desejar, não cumprindo as promessas de campanha, não deve ter mais a confiança do eleitor. Assim, ou o próprio político se conscientiza de que não correspondeu aos anseios da população e se decida pela não reeleição ou o eleitor faça uso de seu título, escolhendo novos nomes. Não estamos nos referindo somente ao cargo de vereador, mas de forma geral, abrangendo deputados, senadores, governadores e até presidente da república.

Veja também