Com 300 pessoas, festa clandestina em chácara vira alvo da fiscalização em Prudente

De acordo com a Sedepp, organização chegou a cobrir a grade do local para tentar impedir a visibilidade do evento

PRUDENTE - DA REDAÇÃO

Data 31/05/2021
Horário 17:01
Foto: Cedida
Festa clandestina foi flagrada na Estrada Caravina, perto do Cemitério Campal
Festa clandestina foi flagrada na Estrada Caravina, perto do Cemitério Campal

Na madrugada de sábado, já próximo ao início da manhã de domingo, a Visa (Vigilância Sanitária Municipal) e a Sedepp (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico) flagraram uma festa clandestina na Estrada Caravina, nas proximidades do Cemitério Municipal Campal.

De acordo com supervisor de Departamento da Visa, Daniel Eduardo Lima Gulim, a estimativa é de que havia aproximadamente 300 pessoas no local. 

Os fiscais se deslocaram até o endereço informado na denúncia e constataram que a Polícia Militar também havia sido acionada para dispersar a aglomeração. Por parte da Sedepp, o proprietário da chácara recebeu uma notificação por descumprimento das normas previstas no Plano São Paulo.

O fiscal da Sedepp, Luis Carlos Paulon, relata que a grade da chácara foi coberta para tentar impedir a visibilidade.

Autuação reincidente

Durante todo o final de semana, a Visa realizou 87 inspeções e uma autuação. O local autuado, uma lanchonete no Jardim Itaipu, é reincidente, conforme relato do supervisor. “O flagrante registrou aglomeração, pessoas sem máscara, mesas dispostas sem distanciamento, música ao vivo e funcionamento além do horário permitido”.

Já a equipe da Sedepp, entre os dias 28 e 30 de maio, efetuou quatro notificações e nove visitas. Uma das notificações é referente à chácara. Outra se trata de uma tabacaria, que também foi lacrada, sem alvará de funcionamento e sem os protocolos sanitários.

Veja também