Eleições em Prudente contam pela 1ª vez com sistema JE Connect

Projeto realiza a transmissão dos votos ao Tribunal Eleitoral direto das urnas; Escola Municipal Antônio Moreira Lima, no Ana Jacinta, foi a unidade escolhida para a novidade

PRUDENTE - GABRIEL BUOSI

Data 13/11/2020
Horário 09:29
Reprodução Google Maps - Escola Municipal Antônio Moreira Lima, no Ana Jacinta, receberá a novidade
Reprodução Google Maps - Escola Municipal Antônio Moreira Lima, no Ana Jacinta, receberá a novidade

Pela primeira vez em Presidente Prudente, as eleições municipais contarão com o sistema JE Connect, com transmissão dos votos ao Tribunal Eleitoral direto das urnas. Para este projeto-piloto, a 402ª ZE (Zona Eleitoral) escolheu a Escola Municipal Antônio Moreira Lima, no Conjunto Habitacional Ana Jacinta. “É a primeira vez que utilizamos este processo e escolhemos essa unidade devido à distância, já que era uma das mídias que mais demorava a chegar. A ideia da Justiça Eleitoral é a de estudar a viabilidade de expandir esse uso no município”, explica a chefe do cartório da 402ª Zona Eleitoral, Letícia Macoratti de Castilho
O projeto surgiu por volta de 2008, como um projeto-piloto, para atender, inicialmente, as demandas dos Estados da região norte que possuem locais de votação de difícil acesso por causa, por exemplo, da distância, travessia de rios, falta de estradas, e etc. Em 2010, recebeu definitivamente o nome de JE Connect. “Basicamente, é uma tecnologia de transmissão de dados, que são os boletins de urna, e que pode utilizar os equipamentos, como computadores e rede de dados, dos próprios locais de votação, mesmo estes equipamentos sendo simples”, esclarece o responsável pela tecnologia na 402ª Zona Eleitoral, Douglas Oliveira Ferraz.

ESCOLHEMOS ESSA UNIDADE DEVIDO À DISTÂNCIA, JÁ QUE ERA UMA DAS MÍDIAS QUE MAIS DEMORAVA A CHEGAR
Letícia Macoratti de Castilho

Segurança dos dados

Desta forma, a tecnologia permite uma segurança muito maior dos dados durante a transmissão. O profissional lembra que a unidade tem testado a novidade de forma colaborativa com o Tribunal Eleitoral, até mesmo para o conhecimento próprio do projeto. “O equipamento que será utilizado pelo cartório no dia da transmissão, no próprio local de votação, será um notebook do próprio cartório e dois pendrives, sendo um com o sistema operacional e aplicativos de transmissão e o outro como chave de acesso ao sistema”, acrescenta Douglas.
O kit de pendrives é codificado e possui certificado de segurança, e, por isso, somente um kit gerado no próprio cartório funcionará na máquina em questão. 

SAIBA MAIS

Prudenco escala 100 agentes para limpeza no dia das eleições

Prudente perde 105 seções de votação nas eleições

Semob amplia horários de 29 linhas de ônibus no domingo de eleição

Polícia Federal utilizará drones nas eleições 2020 

MPT e MPE notificam partidos de Prudente sobre proibição do trabalho infantil nas eleições

Veja também