Elly Guimarães e voluntários fazem Festa das Crianças de São Martinho

“Tudo muito simples, mas perfeito! A sensação é sempre a mesma. O brilho nos olhos das crianças é algo que não tem preço. E lá foi algo muito maior. Diferente!”, ressalta a cantora

VARIEDADES - OSLAINE SILVA

Data 13/10/2021
Horário 20:49
Foto: Claudia Koga
Vários voluntários contribuíram para que a Festa das Crianças de São Martinho acontecesse
Vários voluntários contribuíram para que a Festa das Crianças de São Martinho acontecesse

Embora ela não tenha interesse algum em aparecer como é bastante conhecida em Presidente Prudente e toda a região, a cantora Elly Guimarães, que há 25 anos faz um trabalho bonito de tornar a Páscoa, o Natal e o Dia das Crianças mais feliz, repetiu o feito no último dia 12 com a Festa das Crianças de São Martinho. “Fazer a alegria das crianças não tem preço e faço o que vem do fundo do meu coração. Algo simples e perfeito. Foi o que aconteceu. A sensação é sempre a mesma. O brilho nos olhos das crianças é algo que não tem preço. E lá foi algo muito maior. Diferente! O sorriso, a felicidade delas, meu Deus!”, exclama com a voz embargada de amor, Elly Guimarães.
Ela comenta que para a realização da festinha, contou com a colaboração dos voluntários do Projeto Luz, do Ministério de Música da Capela São Martinho, e da equipe “Furacão” da Walter Figueiredo. 
“Foi tudo muito perfeito. Perfeito mesmo. Agradeço a todos, todos que contribuíram com as doações e tornaram possível o sucesso que foi esse dia tão fantástico. Um momento incrível, e tenho certeza que inesquecível para as crianças. Que Deus abençoe e ilumine e Nossa Senhora proteja muito mais cada um de vocês. Que nossa mãe Maria os cubram sempre com seu manto sagrado”, agradece Elly.
Irmã Maria da Penha de Barros, religiosa pela Congregação das Irmãs Franciscanas do Coração de Jesus, que é a diretora pedagógica da Creche Walter Figueiredo, onde a maioria das crianças da Comunidade da Capela São Martinho estuda, exaltou a gratificação por ver tamanha alegria dos pequenos. 
Segundo ela, a motivação para a realização da festa foi exatamente em função, de que se trata de uma comunidade com poucos recursos estruturais e materiais, porém, graças a pessoas solidárias, comprometidas e empenhadas em fazer a diferença, para melhor, para aquele bairro, isso pode acontecer. “A resposta, está aí, com a realização de uma festa tão bonita e bem organizada. Foi muito gratificante ver a alegria das crianças expressa no sorriso amoroso de cada uma delas. Sério, essa festa me deixou mais pertinho de Deus!”, exclamou a irmãzinha

Passando de um a um

Elly Guimarães conta que conheceu a Creche Walter Figueiredo, através de uma amiga, a fotógrafa Claudia Miyuki Koga Sugui, que lhe apresentou a irmãzinha e esta lhe apresentou a Capela São Martinho, que pertence à Paróquia Santa Rita, coordenada pelo pároco Alex João de Santana.
“Na verdade estruturalmente ainda não é uma capela, por enquanto é um barracão em uma quadra de uma escola, onde funciona o Projeto Luz. Lá conhecia a irmã Penha, que me convidou para cantar nas missas de domingo [sempre às 10h]. Nisso conheci as queridas dona Anete, Neusa e Mercedes, que tomam conta do projeto. E tudo isso tem sido maravilhoso em minha vida!”, destaca Elly Guimarães.

SERVIÇO
Quem tiver interesse em conhecer a Capela São Martinho todos os domingos às 10h tem a missa. E na última terça-feira do mês, às 20h. O endereço é Rua Massao Koga, 217, Vale das Parreiras (ao lado da Avenida João Resende).

Fotos: Claudia Koga

O que parecia simples, para as crianças ali presentes foi a maior alegria


A satisfação de quem estava apenas querendo fazer sorrir!

Veja também