Em tempo real

Homéro Ferreira

COLUNA - Homéro Ferreira

Data 15/11/2020
Horário 03:29

Hoje é dia de grande mobilização da equipe de O Imparcial com a produção de noticiário em tempo real e publicação em seu portal sobre as eleições municipais em Presidente Prudente e região.

O mesmo bordão

As rádios Prudente AM e 101 FM mantêm em sua cobertura eleitoral o bordão dos tempos de voto em cédulas de papel: da boca da urna para o ouvido do povo. Frase incrustrada na mente de eleitores prudentinos na voz de Galileu Silva (1938-2010).

O dona da voz

Natural de São José do Rio Preto, Galileu foi para São Carlos fazer o curso científico e aos 19 anos começou a carreira de locutor, que passou por Votuporanga antes de chegar aqui e que durou 53 anos, sendo a maior do tempo em Prudente. 

Quando surgiu

O bordão surgiu na cobertura das eleições de 1972, utilizado na apuração. Naquele ano, foi eleito prefeito o empresário Walter Lemes Soares, pela Arena (Aliança Renovadora Nacional), tendo como vice Jerônimo Ruiz Garcia, para o mandato de 1973 a 1977

A última vez

A última cobertura eleitoral de Galileu Silva foi nas eleições de 2008, quando o engenheiro Milton Carlos de Mello, Tupã, se elegeu prefeito para o primeiro de dois mandatos consecutivos, pelo PTB, tendo como vice Marcos Vinha, do PT.

Dupla formidável

Galileu Silva sempre fez uma dupla formidável com Lucas Macedo, natural de Presidente Bernardes e que iniciou carreira em Regente Feijó. Sua voz se tornou uma espécie de marca das duas emissoras em questão e escolhida como padrão da TV Band Paulista. Até o fechamento desta coluna, Lucas estava hospitalizado no HR.

Ampla cobertura

A Rádio Comercial anuncia ampla cobertura das eleições deste domingo, mobilizando a direção, as equipes técnica e de jornalismo, que conta com as experiências de Osvaldo Torino, Ismael Silva, Laerte Silva, Neusa Matos, Cláudio Moreno, dentre outros.

Mandato Nº 50

Quem for eleito prefeito neste domingo em Prudente irá cumprir o mandato de número 50. Todavia, será o 36º prefeito da cidade desde 1923, tendo em vista que nove deles exerceram o cargo por mais de uma vez, por nomeação ou eleitos.

Maior número

Quem cumpriu maior número de mandatos de prefeito na cidade foi Antônio Sandoval Netto: quatro vezes. O primeiro, de janeiro de 1946 a abril de 1957, quando não se tinha a regularidade de quatro anos. O último, de 1969 a janeiro de 1973.

Três mandatos

Ao longo da história, de 1923 aos dias atuais, foram três prefeitos que tiveram três mandados cada um: Paulo Kruger Soares Marcondes, Domingos Leonardo Cerávolo e Agripino de Oliveira Lima Filho.

Dois mandatos

Com dois mandados na história de Prudente foram sete prefeitos, sendo os três mais recentes: Paulo Constantino, alternadamente; e Milton Carlos de Mello, Tupã, seguidamente eleito em 2008 e reeleito em 2012. 

Por mais tempo

Quem ficou mais tempo seguido na Prefeitura foi Tupã, por oito anos. Embora reeleito, Agripino foi afastado pela Justiça no meio do segundo mandato. O mandato mais longo foi o do engenheiro Virgílio Tiezzi Junior: seis anos, de 1983 a 1988.
 

Veja também