Estado publica edital de chamamento público para instalação do Bom Prato em Prudente

Processo vai selecionar a entidade que administrará o restaurante popular na cidade; interessados podem entregar propostas até dia 30

PRUDENTE - DA REDAÇÃO

Data 02/07/2020
Horário 16:51
Arquivo - Em Prudente, deverão ser oferecidos, de segunda a sexta-feira, 1.200 refeições ao dia e 300 cafés da manhã Foto: Arquivo - Em Prudente, deverão ser oferecidos, de segunda a sexta-feira, 1.200 refeições ao dia e 300 cafés da manhã

O governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, publicou o edital de chamamento público para selecionar a OSC (Organização da Sociedade Civil) que vai administrar o restaurante popular Bom Prato em Presidente Prudente.

Segundo o documento, as entidades interessadas em firmar o termo de cooperação com o Estado e o município deverão entregar suas propostas até o dia 30 deste mês. A etapa de abertura dos envelopes e avaliação das propostas pela comissão de seleção será nos dias 31 deste mês e 3 de agosto. Já para o dia posterior, sendo 4 de agosto, está prevista a divulgação do resultado preliminar do edital de chamamento.

Conforme explica a titular da SAS (Secretaria Municipal de Assistência Social), Fabiana Sales Macedo, e como também consta no chamamento, a OSC vencedora do processo será a responsável pela implantação e gestão do Bom Prato.

Dessa forma, para adaptações do prédio e aquisição de equipamentos, o Estado repassará à instituição R$ 1 milhão, enquanto o governo municipal repassará R$ 363.616,75. Já no período de um ano, as esferas estadual e municipal repassarão R$ 926.838 e R$ 226.500, respectivamente, para manutenção das refeições, pagamento da folha de funcionários, entre outros.

"Para a implantação do Bom Prato, a Prefeitura segue em tratativa com o Estado desde o fim do ano passado. Inclusive, a previsão inicial era que o restaurante popular fosse implantado no início deste ano. Entretanto, os trâmites são realizados pelos órgãos do governo paulista, cabendo ao município apenas indicar locais para possível instalação do mesmo e disponibilizar os recursos que são de responsabilidade da Prefeitura", comenta a administração municipal.

Em Prudente, deverão ser oferecidos, de segunda a sexta-feira, 1.200 refeições ao dia e 300 cafés da manhã, sendo nos valores de R$ 1 e R$ 0,50, respectivamente.

 

Serviço

O edital de chamamento público na íntegra pode ser conferido em http://www.desenvolvimentosocial.sp.gov.br/a2sitebox/arquivos/documentos/2668.pdf.

Veja também