Idoso é acusado de estupro contra criança de 6 anos

De acordo com o boletim de ocorrência, vítima disse a avó, que era namorada do suspeito, que o mesmo havia passado a mão na vagina dela

PRUDENTE - THIAGO MORELLO

Data 23/12/2019
Horário 08:52

Um idoso de 61 anos foi preso me flagrante, na noite de ontem, após ser acusado de estupro de vulnerável contra uma criança de 6 anos, a qual era neta da namorada dele. Conforme informações do boletim de ocorrência, a vítima contou a avó que o homem havia passado a mão na vagina dela. O caso ocorreu no Jardim Planalto, em Presidente Prudente.

Ainda como consta no documento policial, um dos agentes contou que foi abordado pela avó da criança, dizendo que era namorada do autor, homem esse que reside no mesmo terreno que o dela, numa casa à frente. A mulher mora com a filha e as duas netas. “Dirigimo-nos até a casa e”, em conversa com a genitora, ela disse “que flagrou sua filha no colo do autor e este estava acariciando com a mão a vagina da criança”, completa o policiamento.

A mãe detalhou ainda, para a polícia, que a criança estava de calcinha e short, e que o autor estava com a mão dentro do short. No documento policial, consta ainda que a mãe questionou a criança sobre o ocorrido e ela confirmou a situação. A irmã da vítima, de 8 anos, também disse que o “autor havia a convidado para sentar em seu colo, mas ela não aceitou e se afastou”, complementa o policiamento.

Após tomar conhecimento da situação, a avó teria confrontado o suspeito e, “de forma alterada”, segundo a PM, negou os fatos. “Momento em que empurrou o autor e ele caiu ao solo e se feriu”, frisa. No dia seguinte, o irmão do morador o levou embora.

“Indagamos o autor sobre os fatos e este confirmou que realmente estava brincando com as crianças, inclusive a vítima estava em seu colo, mas em momento algum passou a mão em seu órgão genital”, finaliza a polícia. No boletim de ocorrência, a PM deixa claro que não foi preciso o uso de algemas e, ao acionar o Conselho Tutelar para acompanhar os atos de polícia judiciária, “a conselheira disse que não viria até este plantão”.

Veja também