Instalação da cúpula do Santuário de Santo Expedito é adiada para novembro 

Segundo pároco local, içamento da estrutura tem sido prorrogado devido ao atraso na entrega de materiais; atualmente está sendo confeccionado um suporte para elevação da estrutura

REGIÃO - WEVERSON NASCIMENTO

Data 25/10/2020
Horário 04:00
 Cedidas - Estrutura metálica da cúpula pesa aproximadamente 25 toneladas
Cedidas - Estrutura metálica da cúpula pesa aproximadamente 25 toneladas

Desde 1998, o município de Santo Expedito conta com um fluxo espontâneo de visitantes e fiéis atraídos pela fé no santo das causas justas e urgentes. Com o crescimento significativo da peregrinação, em 2010 a igreja deu início à construção do Santuário de Santo Expedito, espaço que já desponta no turismo religioso na região de Presidente Prudente. Mesmo com uma estrutura avançada, a instalação da cúpula do santuário precisou ser adiada por duas vezes, devido ao atraso na entrega de materiais, que, segundo o pároco local, Umberto Laércio Bastos de Souza, não impede a construção do espaço religioso. O içamento da estrutura foi remarcado para o dia 19 de novembro, às 15h.
De acordo com o padre, por orientação da equipe técnica, os engenheiros decidiram reforçar a cúpula para evitar qualquer tipo de risco ou possíveis acidentes, sendo necessária a confecção de um equipamento chamado “balancim” – uma estrutura que dará suporte quando a cúpula for elevada pelo guindaste. “Ele é necessário para a colocação da cúpula e está em processo de fabricação pela equipe de obras do santuário, inclusive, sendo supervisionado por engenheiros”, explica o sacerdote.
O atraso na colocação da cúpula, segundo o padre, não impede a construção do santuário, pois as dificuldades surgiram devido à pandemia. “Com a impossibilidade de realizarmos os eventos e promoções como de costume, fomos forçados a desacelerar o ritmo das obras”, acrescenta. No entanto, reforça que a comunidade está otimista e com todas as atenções voltadas para a colocação da cúpula e do prolongamento da torre, para que, em 2021, exista a possibilidade de realizar celebrações eucarísticas no santuário.
Conforme anunciou este diário, a cúpula é uma estrutura metálica que pesa 25 toneladas e o prolongamento cinco toneladas. Os fiéis poderão acompanhar o içamento da estrutura marcado para o dia 19 de novembro, às 15h. No entanto, o padre orienta o isolamento social e, se possível, que as pessoas não saiam dos veículos. 

É A MAIOR OBRA DA IGREJA CATÓLICA NA REGIÃO E, POSSIVELMENTE, NO ESTADO
Umberto Laércio Bastos de Souza

Construção do santuário

Segundo o pároco, já foram investidos aproximadamente R$ 15 milhões na construção do santuário. A obra possui 10 mil metros quadrados para atender todas as necessidades físicas e religiosas dos romeiros. Estima-se de R$ 3 milhões a R$ 5 milhões e um período de 3 anos para a inauguração do santuário. “É a maior obra da igreja católica na região e, possivelmente, no Estado. Uma vez pronto, o santuário atrairá os romeiros e isso ocasionará uma grande geração de renda e promoção de empregos para o município”.
O espaço religioso, segundo o sacerdote, poderá fortalecer a cidade de Santo Expedito no MIT (Município de Interesse Turístico) para a aquisição de verbas estaduais: uma vez o santuário pronto, o município poderá se tornar uma estância turística. “Temos por base os demais santuários, e acreditamos que em Santo Expedito não será diferente. A cidade, bem como toda a população, será beneficiada tanto no quesito religioso quanto no econômico”, detalha.

Foto: Cedida

instalação da cúpula do santuário de santo expedito
Instalação da cúpula do santuário foi remarcada para o dia 19 de novembro

Foto: Reprodução

santuário de santo expedito projeto
Projeto do santuário, com a cúpula já instalada

SAIBA MAIS

Santuário de Santo Expedito receberá vitrais

Santuário celebra Dia de Nossa Senhora, a mãe de Deus

Veja também