Jovem de 16 anos confessa tráfico e acaba detida em Teodoro Sampaio

Acusada fracionava o entorpecente em porções de três gramas, que eram comercializadas ao preço unitário de R$ 10

REGIÃO - ROBERTO KAWASAKI

Data 06/10/2020
Horário 12:28
Polícia Militar - Guarnição já tinha conhecimento sobre o comércio praticado pela acusada Polícia Militar - Guarnição já tinha conhecimento sobre o comércio praticado pela acusada Imagem: Polícia Militar - Guarnição já tinha conhecimento sobre o comércio praticado pela acusada

A Polícia Militar apreendeu uma adolescente de 16 anos por ato infracional de tráfico de drogas, em Teodoro Sampaio. O flagrante foi registrado ontem na Delegacia de Polícia Civil, após os militares encontrarem droga, dinheiro e mudas da planta cannabis na casa dela. 

Conforme o boletim de ocorrência, os policiais tinham conhecimento de que a acusada praticava a venda de drogas em sua residência na Vila Furlan, onde mora com a mãe. Diante disso, foram ao endereço onde encontraram a menor na calçada, junto com outro rapaz. 

A abordagem policial ocorreu no momento em que ela entrou no imóvel.

Na sequência, o rapaz que estava do lado de fora também foi abordado pela equipe. Tratava-se de um estudante de 20 anos, que disse ser usuário de drogas e que estava no local para comprar maconha da acusada.

Como não estava com dinheiro, ofertou um fone de ouvido como contraprestação. Segundo a polícia, ele ainda relatou que adquiria drogas com ela em média três vezes por semana, e que recentemente trocou um aparelho celular por maconha.

Dentro de casa

Enquanto os policiais conversavam com o usuário, outros estavam dentro do imóvel com autorização da mãe da acusada. A adolescente foi detida após pular o muro dos fundos da residência. 

No procedimento de revista pessoal, nada de ilícito foi encontrado. No entanto, buscas levaram os militares a encontrarem um pote de vidro dentro do guarda-roupas, onde continha duas porções de maconha, bem como um pote de plástico com R$ 528,30.

Já no quintal da casa foram encontradas quatro mudas da planta cannabis, além de uma balança de precisão que estava escondida sob telhas. 

Compra e revenda

De acordo com a Polícia Militar, a menina disse que assumiu a prática do tráfico de drogas há aproximadamente um mês, e que adquire entre 200 g a 300 g de maconha por semana, de um terceiro não identificado.

Desta forma, fraciona o entorpecente em seu imóvel em porções de três gramas que são comercializadas ao preço unitário de R$ 10. 

A adolescente não soube justificar a origem do dinheiro encontrado na residência e confirmou que entregaria uma porção da droga ao usuário em troca de um fone de ouvido. 

A substância apreendida foi submetida ao teste de constatação provisória, exame que apontou resultado provisório positivo para maconha.

A quantia de R$ 528,30, um aparelho celular, uma balança de precisão e quatro plantas foram apreendidos.

SAIBA MAIS

“Reincidência do jovem no crime é consideravelmente alta”

Baep detém adolescente com mais de 200 kg de drogas; destino seria Prudente

Veja também