Laudo pericial deve apontar o que causou incêndio em imóvel

Fogo atingiu três cômodos de espaço destinado a um altar, onde mãe de Alba Lucena fazia atendimentos à comunidade

PRUDENTE - ROBERTO KAWASAKI

Data 03/09/2020
Horário 10:11
Defesa Civil - Risco de desabamento de outra parte do telhado era iminente
Defesa Civil - Risco de desabamento de outra parte do telhado era iminente

A Polícia Civil instaurou inquérito para investigar as circunstâncias de um incêndio que resultou na morte de Diva Lopes da Silva, 90 anos, mãe da vereadora Alba Lucena Fernandes Gandia (DEM). Na noite de ontem, a Polícia Técnico-Científica esteve no endereço e colheu vestígios que ajudarão a compor o laudo pericial.

O trabalho foi acompanhado pela Coordenadoria de Proteção e Defesa Civil. De acordo com o coordenador do órgão municipal, Renato Gouvea, três cômodos foram destruídos pelo fogo. A área atingida era destinada a um altar, onde a idosa fazia atendimentos à comunidade.

Conforme Gouvea, havia muitas telhas no chão, e o risco de desabamento da outra parte do telhado do imóvel era iminente.

No boletim de ocorrência fornecido pela Polícia Civil, consta que vizinhos e familiares informaram que a vítima tinha o costume de acender velas, o que pode ser uma hipótese para o incêndio. Porém, a causa só será confirmada após os trabalhos periciais.

Fotos/Defesa Civil

fogo casa alba lucena

fogo casa alba lucena

fogo casa alba lucena

Veja também