Publicidade

Lucas Queiroz: “O esporte muda vidas e mudou a minha”

Ex-goleiro prudentino diz ser grato por tudo que viveu no futebol e enfatiza que é preciso entender que nada é por acaso, tudo tem um propósito

Esportes - OSLAINE SILVA

Data 22/05/2020
Horário 09:24
Cedida - Altura de 1,94 m fez Lucas escolher o futebol passando por vários clubes Foto: Cedida - Altura de 1,94 m fez Lucas escolher o futebol passando por vários clubes

“O esporte mudou minha vida”! Que frase forte para se começar uma entrevista! E foi assim que o ex-goleiro, natural de Presidente Prudente, Lucas Queiroz Soares, 26 anos, deu início a esta reportagem gostosa de escrever e ler! Porque é sabido que o esporte transforma vidas!

Atualmente ele, que está finalizando o curso de Educação Física na Unoeste (Universidade do Oeste Paulista) e trabalha como preparador físico na academia Lobo Fitness, diz ser grato por tudo que viveu. E seu maior sonho é “mudar a vida das pessoas através do esporte e da atividade física”. Abrir seu negócio próprio e ser um inovador em sua área!

“Foi no esporte que aprendi a ter disciplina, foco, um emocional forte, a ganhar o mundo desde bem cedo, saber conviver com todo tipo de preconceito e o mais importante, virar um homem de bem e de caráter. Por isso hoje eu digo com particularidade que ‘o esporte mudou minha vida’!”, enfatiza o jovem.

Lucas acrescenta que o esporte o tirou de uma realidade em que vivia: crime, droga, tráfico, enfim todo tipo de adversidade que um menino pobre e de favela vivencia. Segundo ele, o sonho de ser um jogador de futebol não é uma particularidade dele, era e é da maioria dos meninos.

“FOI NO ESPORTE QUE APRENDI A TER DISCIPLINA, FOCO, UM EMOCIONAL FORTE, A GANHAR O MUNDO DESDE BEM CEDO, SABER CONVIVER COM TODO TIPO DE PRECONCEITO E O MAIS IMPORTANTE, VIRAR UM HOMEM DE BEM E DE CARÁTER”

Lucas Queiroz

Com toda essa gratidão, o ex-goleiro carrega na bagagem profissional experiências diversas, como tipos de treinamentos de diferentes metodologias por ter passado por vários clubes e Estados. “Algo importante também é o psicológico forte por lidar com a pressão que era exercida sobre mim. Saber lidar com diversas situações adversas me fez ser um homem correto e de boa índole. É preciso entender que nada é por acaso. Tudo tem um propósito, basta você saber analisar a situação e tirar proveito daquilo que ela tem de melhor para oferecer. Então repito e repito aquilo que sempre digo: o esporte muda vidas!”, exclama o futuro educador físico.

PENSANDO

NA FAMÍLIA

Pode ser curioso o porquê de Lucas ter escolhido o futebol tendo 1,94m (metro) de altura. Poderia ser um jogador de voleibol ou basquete... Então ele explica que sempre gostou de todo tipo de modalidade e no início realmente chegou a jogar basquete exatamente por causa de sua altura. “Mas, o futebol chamou mais minha atenção por ser o esporte da década, e também porque vi a oportunidade de transformar a minha vida e da minha família, que estava passando por uma situação extremamente difícil”, salienta o ex-goleiro.

box

CLUBES POR ONDE PASSOU
Grêmio Barueri
Fernandópolis
Mirandópolis
Cruzeiro
Internacional
Palmeiras
São Paulo Futebol Clube (2007/2008)
Toledo-PR (2009)
Juventude-RS (2009)
Rio Branco-SP (2010)
Grêmio Prudente (2010/2011)

 

 

 

 

 

 

 

Veja também