Metabolicamente saudável e mais bem protegido

Jair Rodrigues Garcia Júnior

Metabolismo é o conjunto de todas as reações químicas que se processam ininterruptamente no corpo. Ele é regulado eficientemente pelos sistemas endócrino e nervoso para que a concentração das moléculas (ex. glicose, triglicerídeos) se mantenha estável no corpo em diferentes condições.

DISRUPÇÃO
A regulação de metabolismo é apta a corrigir excessos (ex. uma big fatia de bolo de chocolate cheio de açúcar e gordura, e mais oito brigadeiros), mas têm limites. Quando o consumo de alimentos ruins é regular e excessivo, há disrupção do controle, os músculos começam a ficar intolerantes ao excesso de glicose, aumenta a glicemia, a insulina (Diabetes), o acúmulo de gordura no tecido adiposo (obesidade) e no fígado, e o grau de inflamação sistêmica. 

SÍNDROME METABÓLICA
É o conjunto dos problemas acima e mais alguns. Três dos cinco problemas, já validam o diagnóstico (Figura). A causa comum de todos esses problemas é a resistência à insulina. Esse é um importante hormônio controlador do metabolismo. Se ele falha, os problemas começam a aparecer e aumenta o risco em duas vezes de mortalidade geral e três vezes por doenças cardiovasculares.

PREJUÍZOS ADICIONAIS
A condição metabolicamente não-saudável implica em alteração da funcionalidade de várias proteínas, entre elas o receptor de insulina, as proteínas intracelulares responsáveis pelo efeito da insulina, as proteínas transportadores de glicose (GLUT-4), aumento de proteínas inflamatórias e menor eficiência da proteína TLR4 de células do sistema imune.

Sabe o que o torna metabolicamente saudável?

 

DEFESA INATA
É desempenhada pelas células brancas chamadas neutrófilos e linfócitos T, que representam a primeira linha de defesa para combate às bactérias e aos fungos. Os neutrófilos têm ação importante porque, mesmo não destruindo os invasores, sinalizam para as demais células do sistema imune para auxiliarem no combate.

DEFESA FALHA
Obesos e diabéticos, quando infectados por bactérias, têm menor migração e número de neutrófilos. Essas células também são menos eficientes no combate e sua proteína TLR4 é menos ativada, havendo menos sinalização para as demais células brancas. Mais chances de a infecção se instalar e agravar.

SEU COMPORTAMENTO
Isso tudo, além dos fatores de risco para várias doenças crônicas. E você, sabe o que o torna metabolicamente saudável? A prática regular de exercícios, a alimentação rica em vegetais, consumo de alimentos com gorduras insaturadas, a diminuição do consumo de gorduras saturadas (alimentos animais), de açúcar e doces em geral.  

 

Veja também