Municípios da região intensificam fiscalizações contra aglomerações

Prefeituras alegam terem realizado operações para colocar em prática as determinações estaduais e decretos municipais para conter a Covid-19

REGIÃO - GABRIEL BUOSI

Data 01/03/2021
Horário 18:15
Foto: Prefeitura
Pirapozinho contou com a ajuda de drones para evitar aglomerações
Pirapozinho contou com a ajuda de drones para evitar aglomerações

Passou a valer na sexta-feira e segue até o dia 14 de março o toque de restrição de circulação de pessoas instituído pelo governo estadual no período entre 23h e 5h, com a intenção de coibir a aglomeração de pessoas e, consequentemente, a proliferação da Covid-19. Ontem, o governo de São Paulo anunciou que fez uma operação para colocar em prática o cumprimento das novas determinações, de forma que em todo o Estado foram 286 estabelecimentos autuados entre a noite de sexta-feira e a noite deste domingo. Na região de Presidente Prudente, algumas prefeituras também divulgaram os balanços de suas ações na tentativa de conter o avanço da Covid-19.
Em Dracena, por exemplo, a Vigilância Sanitária informou que aplicou um auto de infração a um posto de combustíveis que descumpria a legislação entre sexta e sábado, sendo multado em R$ 1.028,65. Além dessa, ainda foram encaminhadas 25 ocorrências para a verificação da Polícia Militar. “As irregularidades dizem respeito à aglomeração, estabelecimentos que estavam atendendo e não podiam, entre outras observações quanto ao descumprimento do decreto”. Ontem, o Setor de Fiscalização verificou nove diligências, mas nenhuma irregularidade foi constatada.

Apoio de drones

Pirapozinho, em conjunto com a Vigilância Sanitária, Setor de Fiscalização, Polícia Civil e Militar, realizou o cumprimento de fiscalizações em bares, áreas de lazer, chácaras, agências bancárias e conveniências, sendo que, para isso, contou com a ajuda de drones para mapear pontos de aglomeração. “Apenas um estabelecimento comercial foi notificado e, ao todo, foram 15 denúncias, todas atendidas pela equipe”. A administração apontou ainda que vem fiscalizando desde o início da atualização do Plano São Paulo, medida essa que facilitou no cumprimento das ações impostas por parte dos munícipes. 

Mais de 200 denúncias

Em Presidente Prudente, a Prefeitura atendeu mais de 200 denúncias e realizou cinco autuações com autos de infrações na cidade. O balanço foi resultado das fiscalizações que ocorreram entre o fim de sexta e este domingo, quando a Vigilância Sanitária atendeu 112 denúncias, sendo que, entre elas, estavam até mesmo duas igrejas evangélicas e uma padaria. “As demais foram denúncias falsas recebidas pela Central de Atendimento 156 da Prefeitura, que foram verificadas in loco pelas equipes”. Já os fiscais da Sedepp (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico) realizaram quatro notificações, duas festas em chácaras e duas conveniências, e 13 diligências. As autuações foram acompanhadas pela Polícia Militar. 
No decorrer do final de semana, ainda conforme a Prefeitura, a Defesa Civil recebeu mais de 200 denúncias. Vale lembrar que os locais poderão receber multas de R$ 3 mil a R$ 5 mil, de forma que agora eles possuem o prazo de 10 dias para se defender da autuação.

Plantões na madrugada

Em Presidente Epitácio, segundo a Prefeitura, a fiscalização municipal ocorreu em conjunto com a Polícia Militar, na busca ativa por aglomerações. Para isso, foram feitos plantões durante a madrugada dos finais de semana, até 1 hora da manhã, que contaram com a atuação de quatro fiscais e uma viatura da Polícia Militar. Foram 55 denúncias recebidas por canais oficiais e aproximadamente 30 por canais não oficiais. “Ao todo, 267 inspeções foram realizadas na cidade neste fim de semana com a autuação de 32 estabelecimentos”. 

Trabalho inicial de orientação

Em Rancharia, conforme o secretário municipal de Administração, Fred Reule, na sexta-feira foi montada uma operação com o apoio de inúmeras autoridades, como a Polícia Militar, a Guarda Municipal e a Vigilância Sanitária, cuja intenção era a de orientar a população em relação às novas medidas vigentes. “No primeiro dia de fiscalização, 12 pessoas e sete estabelecimentos foram abordados depois das 23h e todos foram orientados a irem para cada e fecharem as portas”. Após essa ação de orientação, as pessoas e estabelecimentos já estão passíveis de serem multados. 

Foto: Prefeitura

Prefeituras da região de presidente prudente intensificam fiscalizações contra aglomerações
Prefeituras, como a de Prudente, realizaram fiscalizações no fim de semana 

SAIBA MAIS

Na fase vermelha, órgãos intensificam ações de fiscalização em Prudente

Veja também