Polícia fecha o cerco contra traficantes

EDITORIAL - Da Redação

Data 25/07/2020
Horário 04:21

As últimas semanas foram marcadas por diversas ocorrências envolvendo grandes apreensões de drogas na região de Presidente Prudente. Os flagrantes ocorreram nas áreas urbana e rural, principalmente em trechos de rodovias que cortam os municípios da rota do narcotráfico. As ações inteligentes de polícia que interceptam os transportes acabam levando traficantes para a prisão, o que abre espaço para chegar aos “poderosos chefões” – aqueles que estão no topo de hierarquia. 
E foi justamente isso que ocorreu numa operação interestadual deflagrada pela Delegacia Seccional de Presidente Venceslau na quinta-feira. Após um breve período de investigações, os policiais conseguiram chegar a um fornecer de drogas no Mato Grosso do Sul, que lucrava com as vendas na região do oeste paulista. Natural de Prudente, ele estava foragido há três anos e viu no tráfico a oportunidade para manter-se na ativa – mesmo que às escondidas até ser identificado.
“Polícia Militar apreende 444 tijolos de maconha em Pirapozinho”; “Força Tática apreende 343 tijolos de maconha dentro de banheiro”; “Adolescente de 15 anos é detida com 24 pacotes de maconha”; “Polícia apreende mais de 2,5 toneladas de maconha na Raposo Tavares”. Estas foram matérias publicadas nesta semana e que ajudam os agentes a chegarem aos traficantes, assim como ocorreu na operação de Presidente Venceslau. 
Além das análises de documentos e eletrônicos apreendidos que ajudam a chegar aos bandidos, é válido destacar a eficiência das polícias na batalha contra o tráfico de entorpecentes. À medida em que vai sendo combatido, o reflexo na segurança pública é visível, pois é ele quem abre portas para a prática de outros delitos. Uma polícia equipada e bem preparada, parceira da comunidade, colhe os frutos do trabalho e garante o bem-estar da sociedade. 
 

Veja também