Polícia Rodoviária localiza 211,6 kg de maconha em carro na Avenida Brasil

Motorista e comparsa fugiram, mas foram presos pela 2ª Dise dentro de um ônibus, a caminho de São Paulo; "batedor" também foi detido

PRUDENTE - ROBERTO KAWASAKI

Data 20/05/2021
Horário 12:05
Foto: Polícia Militar Rodoviária
Carro foi abandonado na Avenida Brasil, imediações da Vila São Jorge
Carro foi abandonado na Avenida Brasil, imediações da Vila São Jorge

A Polícia Militar Rodoviária apreendeu mais de 211 kg de maconha em Presidente Prudente. O flagrante ocorreu ontem durante vistoria interna em um carro que estava estacionado na Avenida Brasil, nas imediações da Vila São Jorge.

A ocorrência começou por volta das 11h20, conforme informado pela corporação. A equipe fazia fiscalização de rotina na Rodovia Raposo Tavares (SP-270), quando observou que o motorista de um carro com placas de Barueri (SP) adentrou “repentinamente” no perímetro urbano.

A atitude do condutor levantou suspeita. Diante disso, os militares do TOR (Tático Ostensivo Rodoviário) realizaram diligências e localizaram o veículo estacionado na Avenida Brasil.

“Testemunhas acharam estranha a forma com que o ocupante desembarcou e saiu rapidamente com destino ignorado”, afirma a Polícia Rodoviária, que procedeu com as buscas. 

Durante a vistoria no veículo, os policiais localizaram diversos tabletes de maconha. O ocupante do carro não foi encontrado e, até então, seu paradeiro era desconhecido. Toda a droga foi levada à sede da 2ª Dise (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes), na Deic-8 (Divisão Especializada de Investigações Criminais)

No total foram contabilizados 231 tabletes de maconha, que juntos pesaram 211,638 kg. Os entorpecentes estavam distribuídos entre o banco traseiro e porta-malas do carro. 


Polícia Militar Rodoviária - Entorpecentes foram adquiridos em Presidente Epitácio, divisa com o MS

Três homens foram presos

No decorrer da ocorrência, um segundo carro foi abordado na base do policiamento rodoviário. O veículo com placas de Presidente Epitácio era conduzido por um homem de 37 anos, que segundo a polícia, estava “bastante nervoso”. Ele informou que acompanhava o motorista do primeiro carro, exercendo o papel de batedor - que faz a escolta do veículo com drogas a fim de informar sobre possíveis fiscalizações. 

Após os flagrantes, policiais civis da 2ª Dise iniciaram a investigação. Dentro do carro com drogas, encontraram diversos documentos pessoais com nomes de um suspeito, 22 anos, que trabalha como motorista de aplicativo em Barueri.

Foi então que deram continuidade nas diligências e conseguiram localizar o homem, juntamente com outro rapaz de 22 anos, no Terminal Rodoviário de Presidente Prudente.

De acordo com a Polícia Civil, eles estavam em um ônibus que seguia para São Paulo. Durante a revista, encontraram no bolso do autor a chave do carro que foi abandonado.

Aos policiais, confessaram que estavam no carro e que receberiam R$ 5 mil para realizarem o transporte da droga, que teve como origem Presidente Epitácio, cidade que fica na divisa com o Estado do Mato Grosso do Sul.

Todos os envolvidos foram apresentados na Dise, onde permaneceram presos. Os documentos e celulares apreendidos serão periciados para que a Polícia Civil consiga identificar outros nomes envolvidos no tráfico de drogas.
Polícia Militar Rodoviária - Envolvidos receberiam R$ 5 mil para realizarem o transporte até Barueri 

SAIBA MAIS

Ação conjunta prende dois homens por tráfico de drogas na Raposo Tavares

PM apreende 243 kg de maconha e prende 7 pessoas por tráfico de drogas

Polícia prende mulher com 65 tijolos de pasta base de cocaína

2ª Dise prende líder do tráfico, a esposa e mais dois comparsas em Prudente

Veja também