Quermesse: tradição em Santo Expedito

Turismo Religioso - JOSÉ COSTA

Data 03/05/2022
Horário 04:11
Foto: Ademartsu/Cedida
Quermesse realizada sábado
Quermesse realizada sábado

Já é quase tradição em Santo Expedito, quando a comunidade festeja o Dia do Padroeiro, com um grande número de pessoas, a realização de uma quermesse no final do mês. Isso é feito para não atrapalhar a programação das festividades da festa do município, que coincide com a data de aniversário da cidade.

Duas festas
Na data do dia 19 de abril, a cidade celebra duas festas, o Dia do Santo Padroeiro e o da fundação da cidade. Uma é religiosa e outra cívica.

Festa maior
Para consolidar os eventos, algumas ações são realizadas após essa data, mas a programação da uma megaquermesse é sempre aguardada pela população e por fiéis da região que vão prestigiar, pois a renda é sempre revertida para as obras do santuário. Esta quermesse é conhecida como a Festa Maior.

Este ano
Na semana, na sexta e sábado à noite e, no domingo durante o dia, foi realizada a quermesse, que contou com um grande número de participantes de toda a região. Barracas de comidas, restaurante, bingo, leilão e outros atrativos, quando membros da comunidade se colocam à disposição para doar seus trabalhos visando sempre o melhor da festa. Segundo informações, as rendas do evento serão para a conclusão da capela no interior do Santuário.

Crianças
As crianças presentes na quermesse de Santo Expedito criaram um espaço todo especial. Do lado esquerdo, em frente ao santuário, tem uma enorme ficus elástica e, sobre ela, as crianças brincaram durante a noite, inclusive de escorregar, já que o terreno da base é propício. Sobre esta frondosa árvore encontram-se todos os obeliscos, identificando as pessoas que fizeram doações e estão no projeto do metro quadrado. Cada colaborador tem um azulejo identificando-o com nome e cidade de residência.

Localização
Como são mais de 15 mil nomes, para identificar o obelisco e localizar o azulejo, o interessado poderá consultar um   trabalho realizado pelo expeditense Hildebrando Braga, um militar da reserva, que presta assim uma grande colaboração aos fiéis. Para mais informações basta acessar www.hildebrandobraga.com.br, ou pelo fone (18) 99601-8402.

Prefeito
O prefeito Nenê Betio tem em si a certeza de que tudo transcorreu muito bem, quando os romeiros foram muito bem recebidos pelos expeditenses, em clima de amizade e respeito. Todos se sentiram à vontade e puderam usufruir de tudo, dentro da simplicidade de Santo Expedito. Ele assegura que, para o próximo ano, talvez longe da pandemia, os trabalhos possam ser mais objetivos e contar com um maior número de romeiros e fiéis em Santo Expedito.

Prova de tambores
Para coroar todos os eventos, tanto religiosos quanto cívicos, da maior festa do município, ela se conclui com a prova de três tambores, porém, em pista reduzida, no dia 7. A festa é aberta para todos, inclusive para romeiros que ainda estiverem na cidade e que têm paixão por essa modalidade. Serão oferecidos valiosos prêmios em dinheiro.

Milagre
O desempregado José Aparecido Souza, de Presidente Prudente, comunicou a esta coluna, que decidiu ir a Santo Expedito a fim de participar da festa ao santo das causas urgentes na missa das 15 horas. Como não tinha carro, veio de ônibus e retornou de carona com um amigo. Disse que na missa, alguma coisa lhe chamava a atenção, como se fosse um aviso. Declarou que a noite sonhou com Santo Expedito, pois não era um frequentador de celebrações católicas e muito menos de Santo Expedito. Veio à cidade, por insistência de sua mãe, devota do santo das causas urgentes. Havia mandado currículo para várias empresas da cidade e comemorou com muita alegria, na manhã de ontem, quando uma empresa de alimentação o chamou para ingressar no quadro de seus funcionários.

Promessas
José Aparecido prometeu que, durante um ano, uma vez ao mês ele estará em Santo Expedito, para agradecer de joelho a graça que alcançou por intercessão de Santo Expedito.

Fé em trovas
Ao pedir diga também
- Meu santo: eu acredito!
Seu pedido irá ao pai
Nas mãos de Santo Expedito.
                                    (José Costa)

Veja também