Raio mata 14 cabeças de gado em propriedade de Santo Expedito

Descarga elétrica atingiu mangueira sob a qual os animais procuravam refúgio da chuva; um deles havia sido adquirido recentemente por cerca de R$ 10 mil

REGIÃO - JOSÉ COSTA

Data 09/09/2021
Horário 17:22
Foto: Cedida
Catorze cabeças de bovinos estavam sob a árvore atingida por raio
Catorze cabeças de bovinos estavam sob a árvore atingida por raio

Hoje, por volta das 13h, um raio atingiu uma frondosa mangueira existente em um pasto do Sítio São José, no bairro Pau D´Alho, nos arredores de Santo Expedito. Na ocasião, 14 cabeças de bovinos estavam sob a árvore e, consequentemente, todos os animais tiveram mortes instantâneas.

Segundo se registrou, foram duas bezerras, 11 vacas e um touro de raça recém-adquirido por cerca de R$ 10 mil. José Aparecido Dias Ferreira, proprietário dos animais, afirmou que no momento chovia e “é natural que todos os animais procurem abrigar-se, geralmente optando por árvores existentes no pasto”. Na ocasião, choveu em Santo Expedito o equivalente a 15 mm.

O incidente rapidamente se tornou de conhecimento de todos e foi sentido especialmente pelos proprietários, família de grande conhecimento no município. Alguns curiosos foram até o local, como é comum em pequenas comunidades. O proprietário e seus familiares tomaram todas as providências para o ocorrido e para legalizar o controle oficial dos registros dos animais.

Veja também