Publicidade

Região reduz homicídios e estupros no mês de maio

Roubos e furtos em geral e furtos de veículos e roubos de carga também caíram; latrocínios, roubos a banco e extorsões mediante sequestro permaneceram zerados

REGIÃO - DA REDAÇÃO

Data 26/06/2020
Horário 10:54
Arquivo/Weverson Nascimento - Em maio, houve 392 prisões e apreensões de 32 armas ilegais Foto: Arquivo/Weverson Nascimento - Em maio, houve 392 prisões e apreensões de 32 armas ilegais

A região de Presidente Prudente fechou o mês de maio com queda nos casos e vítimas de homicídios, nos estupros, nos roubos e furtos em geral e furtos de veículos e nos roubos de carga. Latrocínios, roubos a banco e extorsões mediante sequestro permaneceram zerados.

Os casos e vítimas de homicídios caíram de sete, no quinto mês de 2019, para cinco, em igual período deste ano. Assim, as taxas dos últimos 12 meses (de junho de 2019 a maio de 2020) ficaram em 4,55 casos e 4,82 vítimas a cada grupo de 100 mil habitantes.

Não houve ocorrências de latrocínios em maio deste ano, assim como em igual período de 2019. Os estupros recuaram de 33 para 19 ocorrências. As extorsões mediante sequestro permaneceram zeradas desde o início da série histórica, em 2001.

Já no indicador de roubos em geral a diminuição foi de 52,3%, passando de 44 para 21 casos, na comparação dos meses de maio de 2019 e 2020, ou seja, 23 a menos. É primeira vez na série que o total fica abaixo de 40.

Por sua vez, roubos de veículo recuaram de cinco para um na comparação mensal. O indicador de roubos de carga zerou, após uma ocorrência contabilizada em maio de 2019. Os roubos a banco permaneceram sem nenhum registro pela nova vez consecutiva na série histórica.

Todas as modalidades de furtos – em geral e de veículos – também caíram no mês. A primeira apresentou diminuição de 47,5%, já que a quantidade passou de 765 para 402. Na segunda, a queda foi ainda mais acentuada. Com 57,9% a menos, o total passou de 38 para 16. Em ambos os indicadores as marcas alcançadas são as menores da série.

SAIBA MAIS

O trabalho desenvolvido pelas polícias na região de Presidente Prudente, em maio, resultou em 392 prisões e apreensões de 32 armas ilegais. No mesmo período, foram contabilizados 155 flagrantes de tráfico de entorpecentes.

 

Veja também