Região termina julho com reduções nos índices criminais

Pela primeira vez, desde 2001, indicador de roubo em geral ficou abaixo de 30 registros no sétimo mês.

REGIÃO - ROBERTO KAWASAKI

Data 26/08/2020
Horário 12:42
Arquivo/Paulo Miguel - Em julho, 510 pessoas foram presas na região de Prudente
Arquivo/Paulo Miguel - Em julho, 510 pessoas foram presas na região de Prudente

A região de Presidente Prudente terminou julho com redução em indicadores de criminalidade, como os roubos e furtos em geral e de veículos. A queda é uma tendência esperada e que acompanha os trabalhos conjuntos entre as polícias e órgãos de segurança.

De acordo com a SSP (Secretaria de Segurança Pública), uma comparação entre julho deste ano e do ano passado mostra redução de 25,7% nos casos de roubos em geral (caiu de 35 para 26). Conforme a pasta, esta é a primeira vez na série histórica, iniciada em 2001, que o indicador fica abaixo de 30.

Já os roubos de veículo recuaram de três para um registro. 

Na mesma tendência seguem os furtos em geral e de veículos, que reduziram 35,1% e 50%, respectivamente. No primeiro indicador, o total passou de 715 para 464 e atingiu a menor marca da série; no segundo, passou de 36 para 18.

Outros indicadores

Conforme a Secretaria de Segurança Pública, a região de Presidente Prudente manteve zerados os crimes de latrocínio. No mês passado foram contabilizadas três ocorrências e três vítimas a mais de homicídio doloso, já que os totais passaram de um para quatro. 
As taxas dos últimos 12 meses (de agosto de 2019 a julho de 2020) ficaram em 4,55 ocorrências e 4,82 vítimas para cada grupo de 100 mil habitantes. 

Em julho, as polícias prenderam 510 pessoas e apreenderam 20 armas de fogo ilegais. Ainda, foram registrados 146 flagrantes por tráfico de drogas. 

SAIBA MAIS

“Região do Pontal conta com índices criminais muito mais amenos”

Índices de criminalidade têm queda na região

Índices de roubos e furtos caem na região

Veja também