Santo Expedito deve receber 50 mil fiéis

Dia do padroeiro é comemorado no sábado, mesmo dia que a cidade festeja 56 anos; programação tem shows e missas especiais

VARIEDADES - Aline Martins

Data 17/04/2014
Horário 08:12
 

 

Santo Expedito é considerado o santo das causas urgentes e tem milhares de devotos espalhados pelo Brasil inteiro. O dia dele é comemorado em 19 de abril que este ano cai no Sábado de Aleluia. E a cidade que leva seu nome - e festeja 56 anos na data - espera em três dias de festa, receber cerca de 50 mil pessoas, número imensamente superior à população local, estimada em 2,8 mil pessoas. As principais comemorações religiosas ocorrem de 19 a 21 de abril.

Jornal O Imparcial Devotos lotam a cidade para agradecer e pedir ao padroeiro

No sábado, a programação inicia às 10h, com celebração em ação de graças pelos 56 anos do município. Será no Santuário de Santo Expedito. Às 11h30, tem a benção do 17º ano da Romaria dos Cavaleiros e, às 13h, show com Osmar Veronezi. Já às 15h, ocorre celebração especial para os romeiros na Praça Central. E às 18h, tem a santa missa – Vigília Pascal – com a presença de dom Benedito Gonçalves dos Santos, bispo diocesano, na Igreja Matriz. A partir das 20h, ocorre show do aniversário do município.

No domingo, às 10h, na Praça Central, tem missa do romeiro. Às 15h, na Praça da Matriz, ocorre outra celebração eucarística e às 19h, missa, na Igreja Matriz, e após show com Rosa de Saron. Na segunda-feira, feriado nacional, tem missa às 10h e às 15h, com encerramento das festividades.

Em maio, no dia 17, ocorre a Santa Missa às 19h30, seguida de Quermesse Beneficente. No dia 18, às 10h, ocorre celebração eucarística e às 11h, tem almoço beneficente e Roda de Viola. Já às 13h, leilão de gado.

Conforme o padre de Santo Expedito, Umberto Laércio Bastos de Souza, as comemorações se intensificam entre os dias 19 e 21 de abril e o fato da data especial cair no Sábado de Aleluia pode até contribuir para que um número ainda maior de fiéis compareçam à cidade. "Está tudo pronto para acolher os mais de 50 mil devotos e romeiros que devem passar pela cidade nos três dias de festa", diz.

Ressalta que o evento é importante, pois aumenta a fé e devoção das pessoas. "É questão de evangelização. É algo que fortalece a fé e a esperança das pessoas. Quem vem a Santo Expedito gosta de agradecer ou pedir algo ao santo das causas urgentes e impossíveis. Muitas graças alcançadas são testemunhadas", diz.

 

Santuário


Na cidade, desde 2010, está em fase de construção o Santuário de Santo Expedito. O local tem capacidade para 3 mil pessoas nas suas dependências internas, com estacionamento para 300 automóveis e cem ônibus. "A intenção é melhorar a recepção dos fiéis e devotos, principalmente em abril, quando o número de visitas aumenta significativamente. A previsão é que terminemos tudo em até cinco anos", diz.  Há diversas formas de ajudar na construção do espaço e uma delas é adquirindo um "tijolinho" que custa R$ 5 cada um.

São 9.958 metros quadrados de obra e serão investidos R$ 10 milhões. "Terminamos o primeiro piso e estamos no segundo. No total, são três pavimentos", explica o padre.

Quem quiser colaborar pode ir diretamente ao santuário ou então através do telefone 3267-1177. Mais informações no site www.santoexpeditosantuario.com.br.

 

Osmar Veronezi


Compositor, Osmar Veronezi - que fará participará do evento -, lançou três CDs de músicas sacras com o título "Rei tu És" (2006), "O Caminho" (2008) e "Falando com Deus" (2013). Devoto de Nossa Senhora Aparecida e Santo Expedito, Veronezi buscou inspirações na fé para compor músicas de louvores e agradecimentos a Deus.

E mais um ano o cantor estará abrilhantando a festa de Santo Expedito. No sábado, toca na missa às 10h e por volta das 13h, inicia um show. "Todos os dias 19 de todos os meses eu vou para a cidade, participo das missas, canto. Sou devoto de Santo Expedito e para mim é uma satisfação cantar nesta data especial", diz. Acrescenta que a fé inspira as pessoas. "É tudo", afirma.

 

Rosa de Saron


A banda Rosa de Saron estará em Santo Expedito fazendo um show no domingo, após a missa das 19h. Formada por Guilherme de Sá (voz), Eduardo Faro (guitarra), Rogério Feltrin (baixo) e Grevão (bateria), a banda surgiu em 1988 em Campinas, dentro do movimento de Renovação Carismática da Igreja Católica. Com 26 anos de estrada, o Rosa de Saron alcança o topo do ranking das bandas de rock nacional mais tocadas nos sites Sonora e Vagalume. Apesar de todo reconhecimento e crescimento durante os anos, o objetivo do grupo continua o mesmo dos seus primeiros ensaios: fazer rock com qualidade levando uma mensagem cristã de esperança, fé e amor para todos.

Veja também